Super Máquinas

Yamaha apresenta motocicleta MT-03 com três novas cores

           O motor da MT-03 é o mesmo que equipa sua irmã esportiva YZF-R3 – Divulgação

A japonesa aposta em conceitos de cores modernas e vibrantes na máquina que pode ser resumida como uma naked, que oferece agilidade, performance e beleza, além de prometer a pura sensação de prazer na pilotagem

A Yamaha apresentou ao mercado as novas cores da sua linha 321cc, aplicadas na sua motocicleta MT-03, que é fabricada na Itália e montada na Zona Franca de Manaus (ZFM). Agora com novos tons, o modelo une a tradição e herança esportiva do racing blue, aos modernos conceitos blackout (midnight black) e à tendência de traços amarelos sobre prata (metal silver). São cores fortes e vibrantes, que carregam o espírito “dark side of japan” – a inspiração de toda MT.

O motor da MT-03 é o mesmo que equipa sua irmã esportiva YZF-R3. Trata-se de um bicilíndrico em linha com capacidade cúbica de 321, duplo comando (DOHC -Dual Over Head Camshaft), quatro válvulas por cilindro, arrefecimento líquido e alimentação por injeção eletrônica, capaz de gerar potência e torque máximos de 42,01 cavalos (cv) a 10.750 rotações por minuto (rpm) e 3,02 quilograma-força por metro (Kgf.m) a 9.000 rpm, respectivamente.

Para alcançar o objetivo de uma motocicleta leve, a Yamaha utilizou em sua produção, modernos processos e materiais nobres, como nos pistões forjados em alumínio (similar aos das motocicletas de competição) e no cilindro, com a tecnologia DiASil Yamaha, que consiste em uma liga de alumínio e silício que proporciona menor vibração, melhor dissipação de calor e uma surpreendente performance. O resultado foi uma motocicleta de 166 quilos na versão STD e 169 quilos com ABS.

O escapamento da MT-03 é do tipo 2 por 1, com sistema de câmara de expansão

A eletrônica é um ponto alto na MT-03, uma ECU de 16 Bit gerencia o moderno sistema de admissão que, em conjunto com a injeção eletrônica, é capaz de fazer com que a mistura de ar e combustível chegue de forma rápida à câmara de combustão. A queima é mais eficiente, resultando em consumo de combustível mais equilibrado e entrega de potência e torque mais expressivos. Na prática, dá para perceber nas respostas rápidas do acelerador, na força em baixas e médias rotações e na empolgante sensação nos giros mais altos.

O escapamento da MT-03 é do tipo 2 por 1, com sistema de câmara de expansão para redução de ruídos e ganho na performance. A ponteira, com desenho arrojado e dimensões compactas é posicionado perto do centro do chassi, o que favorece a centralização de massa. Garante equilíbrio para pilotagem esportiva, qualidade comum aos modelos da família MT.

Para poder oferecer toda a agilidade e rapidez que a MT-03 proporciona, a Yamaha desenvolveu ciclística que utiliza como base um moderno e compacto chassi construído em aço do tipo diamante, que oferece resistência com baixo peso.

O que também contribui para essa ciclística elaborada são as competentes suspensões. Na frente, a MT-03 utiliza o sistema de garfo telescópico, cujos amortecedores possuem curso de 130 milímetros (mm) e tubos internos com 41 mm de diâmetro. Isso resulta em mais controle e estabilidade na pilotagem em função da maior robustez e resistência a torções.

EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir