Holofotes

Vocalista da ‘Cone Crew’ é detido por apologia às drogas em festa do tomate

O músico André da Cruz Teixeira Leite, também conhecido como ‘Cert’, e vocalista do grupo ‘Cone Crew’, foi detido na madrugada deste domingo (7), por apologia às drogas.

A banda se apresentava na 36ª edição da Festa do Tomate, tradicional evento em Paty dos Alferes (a 118 quilômetros do Rio), quando o conteúdo de suas músicas, que falam sobre o uso de drogas, incomodou o público.

Segundo a assessoria de imprensa da ‘Cone Crew’, parte da plateia avisou a polícia. Soldados subiram ao palco durante a penúltima música da apresentação. Houve bate-boca e todos os membros do grupo receberam ordem de prisão, mas apenas ‘Cert’ foi detido.

O músico foi encaminhado à 88ª Delegacia de Polícia, em Barra do Piraí, município próximo a Paty dos Alferes, e liberado ainda nesta manhã.

O vocalista – que responderá em liberdade ao processo por apologia às drogas – havia sido detido em fevereiro por tráfico de drogas. ‘Cert’ cultivava pés de maconha em casa e, de acordo com a assessoria, acabou sendo considerado usuário pela Justiça.

Em nota divulgada à imprensa, a banda questionou o direito à liberdade de expressão e criticou a prisão do cantor.

“Cone Crew exige liberdade de expressão, seja ela cultural ou de manifesto. Todos sabem que em nosso posicionamento nunca escondemos ser a favor da legalização da maconha, assim como ex-presidenciáveis também são. Isso nos lembra o episódio da prisão do Planet Hemp, há 18 anos atrás. Nada mudou?”, disse a nota.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir