Dia a dia

Visando evitar furtos, ponte Rio Negro está sendo monitorada 24 horas

Além dos sistemas de iluminação cênica, a RR Construções cuidará do sistema de proteção contra raios, manutenção dos pilares e da sinalização náutica - foto: Ione Moreno

Além dos sistemas de iluminação cênica, a RR Construções cuidará do sistema de proteção contra raios, manutenção dos pilares e da sinalização náutica – foto: Ione Moreno

Visando evitar furtos da fiação da rede elétrica, a Ponte Rio Negro, que liga Manaus ao município de Iranduba (a 27 km da capital), está sendo monitorada 24 horas.

O serviço está sendo feito pela empresa RR Construções, ganhadora do processo de licitação para executar os processos de conservação da ponte, homologado em dezembro do ano passado pela Secretaria da Região Metropolitana de Manaus (SRMM), em parceria com o Comando da Polícia Militar do Amazonas (PMAM).

Além dos sistemas de iluminação cênica, a RR Construções cuidará do sistema de proteção contra raios, manutenção dos pilares e da sinalização náutica. Os trabalhos de conservação da ponte iniciaram no último dia 23 de dezembro.

Até a última semana de janeiro está prevista a modificação da iluminação cênica alusiva ao período carnavalesco, assim como já foi realizada, em dezembro, em alusão ao período natalino e de réveillon.

Desde que a RR Construções assumiu o contrato dos serviços de manutenção, já foi executado o conserto dos controladores inteligentes, foi realizada a recuperação dos cabos elétricos e de toda a comunicação da iluminação cênica que é feita via internet, com a estabilização de switches e no breaks.

A conservação da parte de iluminação viária da ponte também está em andamento. A previsão é de que seja executada até o fim deste mês de janeiro, com a reposição dos cabos que foram furtados.

Também já foi feita a revitalização das defensas, estrutura importante para o balizamento dos canais de navegação, que fazem o desvio das embarcações de grande porte em direção da Ponte. Esse sistema é realizado, por meio de um radar, a montante (subindo o rio) e a jusante (descendo o rio), que informa em até 5 quilômetros de distância, através de um sinal, qual canal deve ser tomado dentro do perímetro de navegação próximo à Ponte.

A parceria entre a SRMM e o PMAM, por meio do patrulhamento ostensivo da 8ª Companhia Interativa Comunitária (8ª Cicom), está intensificando a ronda em todo trajeto da ponte, além de uma equipe da empresa que também ficará monitorando o trajeto 24 horas, coibindo assim esse tipo de prática e evitando o desperdício do dinheiro público.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir