Sem categoria

Vingança: matador de adolescente diz que vítima tentou estuprar sua irmã

Os dois foram autuados pelo crime de homicídio duplamente qualificado - foto: Ana Sena

Os dois foram autuados pelo crime de homicídio duplamente qualificado – foto: Ana Sena

A polícia apresentou na manhã desta sexta-feira (31), a dupla Lucas Monteiro Ozório, o ‘Valdo’, 19, e Rodrigo da Cruz Reis, o ‘Pimpolho’, 18, responsáveis pelo homicídio do adolescente David Geison Souza dos Santos, 17, ocorrido no dia 6 de julho deste ano. A dupla foi presa na tarde de quarta-feira (29).

Para a polícia, Lucas afirmou que matou David porque ele teria tentando estuprar a sua irmã, uma adolescente de 17 anos, no banheiro da escola onde a menina e a vítima estudavam.

Conforme a polícia, a dupla fez sexo com a David antes de matá-lo. Mas Lucas e Rodrigo negaram que tenham praticado relações sexuais com o adolescente.

Rodrigo foi preso no município de Manaquiri (a 60 quilômetros de Manaus) e Lucas no 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), quando foi prestar depoimento sobre uma agressão que teria cometido contra o próprio pai.

Em depoimento, Lucas relatou que, após saber da tentativa de estupro contra a irmã, ofereceu cinco gramas de entorpecentes para Rodrigo ajuda-lo a matar David. “Nós jogamos pedra na casa do David e quando ele saiu, o Rodrigo desferiu um golpe de mata leão nele. Eu desferi as pauladas e também furei os olhos dele”, contou.

O assassino confesso afirmou ainda que matou a vítima por vingança, se arrepende do crime, mas disse que se precisar matar outra pessoa que ameaça a sua família, fará novamente.

A adjunta da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), Sancha Sodre, informou que o crime foi premeditado e que os dois estavam sob efeito de entorpecentes quando mataram David.

Os dois foram autuados em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de homicídio duplamente qualificado. Após prestarem depoimento, eles foram levados à cadeia pública.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir