Dia a dia

Vigilante é morto a facadas dentro de bar, no Riacho Doce, Zona Norte

O Instituto Médico Legal (IML) registrou a morte do vigilante Wellington Modesto dos Santos, 33, morto a golpes de faca na madrugada de sábado (12), por volta da meia-noite. O crime aconteceu na rua 26 de Agosto, na comunidade Riacho Doce, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

O caso tem duas versões. De acordo com testemunhas, o vigilante consumia bebida alcoólica num bar que fica em frente à casa onde morava com a esposa e dois filhos, quando um homem entrou no estabelecimento e o acusou de ter roubado um celular, o que resultou numa discussão.

“O homem chegou ao local e foi na direção do vigilante. Os dois iniciaram a discussão e em seguida ele foi esfaqueado nas costas e no pescoço”, comentou um dos frequentadores do bar, que não quis se identificar.

A segunda versão é de que o crime teria ocorrido após o vigilante tentar separar uma briga entre dois homens, o que resultou nos ferimentos a facada.

“Durante a calorosa discussão entre os dois homens, o vigilante resolveu apartar a briga. Após parecer estar tudo bem, ele seguiu para o banheiro, que fica pelo lado de fora, quando levou vários golpes de faca, desferidos por um dos homens e que fugiu rapidamente”, disse uma outra testemunha.

Após ser ferido nas costas e no pescoço, o vigilante foi socorrido pela esposa e levado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Danilo Corrêa, situado na avenida Noel Nutels, na mesma zona, mas morreu antes de ser atendido pela equipe médica do hospital.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde o caso foi registrado para investigações, informaram que o autor do crime ainda é desconhecido.

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir