Sem categoria

Vereadores de Manaus gastaram em abril R$ 549 mil do ‘cotão’

Conforme o levantamento, quase todos os vereadores chegaram perto de atingir o teto máximo de gastos da verba mensal - foto: divulgação/Thiago Corrêa

Conforme o levantamento, quase todos os vereadores chegaram perto de atingir o teto máximo de gastos da verba mensal – foto: divulgação/Thiago Corrêa

Os 41 vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM), usaram, juntos, em abril, mais de meio milhão de reais da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), popularmente chamado de “cotão”. Levantamento feito pelo EM TEMPO no site da instituição mostra que os gastos somaram em abril exatos R$ 549,3 mil. O valor da Ceap é fixado em R$ 14 mil/mês.

Conforme o levantamento, quase todos os vereadores chegaram perto de atingir o teto máximo de gastos da verba mensal, sendo que três dos 41 gastaram os R$ 14 mil disponibilizados, a exemplo de Glória Carratte (PRP), Rosivaldo Cordovil (PTN) e Ednailson Rozenha (PSDB).

Procurado pela reportagem, Ednaílson Rozenha respondeu, por meio de sua assessoria de imprensa, que o uso do “cotão” é empregado integralmente nas ações das comunidades e também na assessoria técnica das proposituras que apresenta.

Combustíveis e lubrificantes para veículos foram os maiores gastos registrados em abril, somando R$ 189 mil, seguido de aluguéis de carros, que somou R$ 168 mil; e serviços gráficos, com gastos R$ 106,5 mil. Os demais gastos são com alimentação, telefonia e serviços gerais.

De acordo com o vice-presidente da Câmara, Hiram Nicolau (PSD), estes são os itens mais importante para ser usado do cotão. “Eu gasto muito com combustível e gráfica, porque é o meu trabalho. Eu tenho carros de funcionários, precisamos ir para os bairros fazer ação social e eu não tenho como bancar seis ou sete carros de forma sozinho. Essa cota é um ressarcimento das atividades do gabinete, e isso faz parte de um orçamento da Câmara previamente aprovado”.

Ainda segundo Hiram, usar o dinheiro do “cotão” para ajudar a comunidade e até mesmo apoiar as ações da prefeitura como tapa buraco, rende mais do que o gasto.

Quem mais gastou com combustível em abril foi o vereador Arlindo Junior (Pros), cujas despesas somaram R$ 7,7 mil; em segundo, Elias Emanuel, R$ 7,3 mil; e, em terceiro Glória Carratte, acumulando R$ 7 mil em gastos com combustíveis.

Já os vereadores Pastora Luciana (PP), Álvaro Campelo (PP) gastaram mais com aluguéis de carros neste mês de abril, somando R$ 7,9 mil e R$ 7,8 mil respectivamente. Os parlamentares Isaac Tayah (PSDC), Francisco jornada (PSD), Luis Mitoso (PSD), Marcel Alexandre (PMDB), David Reis (PV) e Amauri Colares (PRB), tiveram gastos em torno de R$ 7,5 mil cada um com aluguéis de veículos.

Os parlamentares que menos usaram o “cotão” foram Waldemir José (PT), R$ 5,7 mil e Sildomar Abtibol (Pros), que usou R$ 7,9 mil. No acumulado do ano, a Ceap soma R$ 6,8 milhões. Conforme a Câmara, o valor mensal não é cumulativo para o mês seguinte.

Por Diego Dias

1 Comment

1 Comment

  1. lenioson cramer

    30 de maio de 2016 at 12:23

    povo de manaus temos q diminuir a guantidades de vereadores e deputados estaduas e federais e diminuir o salarios deles so assim nossa manaus vamos sair dessa crize q eles mesmos os politicos causa,por brigas de poder e conrupicao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir