Eleições

Vereador Felipe Souza é o novo vice na chapa de Rebecca Garcia

                                     Felipe Souza é filho do ex-vereador Luizinho Souza – Divulgação/CMM

O vereador Felipe Souza (Podemos- antigo PTN) foi anunciado como substituto a vice na chapa de Rebecca Garcia (PP) para as eleições suplementares deste ano.

O anúncio foi feito logo após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) indeferir na tarde desta terça-feira (25), o registro de candidatura de Abdala Fraxe (Podemos), a vice, pelo processo movido contra o parlamentar por crime de cartel. Com base na Lei da Ficha Limpa, o candidato está inelegível por oito anos, ou seja até 2025.

Em coletiva de imprensa nesta tarde, Abdala Fraxe disse que ficou surpreso com a decisão, já que no dia em que foi registrar a candidatura no TRE-AM, ele retirou a certidão negativa da Justiça Eleitoral onde nada constava em seu nome.

“Eu não sou advogado e nem jurista, mas fiquei surpreso com a decisão. No dia em que fui fazer a minha candidatura, no dia 16 de junho, nada constava na certidão negativa. O que resta é respeitar e tentar solucionar o problema. Quero deixar claro que a impulgnação envolve uma situação quando ainda era dirigente sindical, não tem nada a ver com improbidade administrativa ou desvio de dinheiro como alguns afirmaram por aí”, declarou.

A candidata ao cargo majoritário também esteve presente na reunião e disse que nada vai mudar na campanha.

“A decisão faz parte do processo democrático. Penso que ganhamos mais um reforço com a vinda do Felipe Souza e o Abdala continua a dar apoio na nossa campanha. Nada vai mudar, a não ser o nome do vice nos adesivos. Vamos nos dividir para atingir todos os municípios do Estado”, disse Rebecca Garcia.

Felipe Souza é casado, pai de 3 filhos e é filho do ex-vereador Luizinho Souza.

Leia também:TRE indefere candidatura de Abdala Fraxe na chapa de Rebeca Garcia com base na Lei da Ficha Limpa

Entenda o caso

O pedido de impugnação da candidatura de Abdala Fraxe, primeiro indicado a vice na chapa de Rebecca,  foi solicitada pela coligação “União pelo Amazonas”, de Eduardo Braga (PMDB), e Ministério Público Eleitoral (MPE). A alegação para pedido da impugnação refletiu à condenação de Abdala Fraxe no caso do “Cartel dos Combustíveis”, o que configuraria crime contra a economia popular.

Bruna Chagas
EM TEMPO

Leia mais:

TRE-AM indefere recurso e Liliane Araújo vai ao TSE lutar por candidatura

Liliane Araújo diz que vai recorrer após ter candidatura indeferida pelo TRE

Se as eleições fossem hoje, Amazonino seria o novo governador do Amazonas; revela pesquisa

 

 

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir