Sem categoria

Vendas registram queda de 8% no Dia dos Pais

Segundo a CDL-Manaus, R$ 71 milhões seriam injetados na economia com o Dia dos Pais – foto: Ione Moreno

Segundo a CDL-Manaus, R$ 71 milhões seriam injetados na economia com o Dia dos Pais – foto: Ione Moreno

Comerciantes de Manaus amargaram queda de aproximadamente 8% nas vendas do Dia dos Pais, deste ano, na comparação com o ano passado. Segundo dados da pesquisa de vendas realizada pela Câmera dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus) para o período, esse fator deve-se principalmente ao cenário microeconômico adverso, que fez com que as compras recuassem.

O varejo também apresentou queda de até 8% na comparação com o mesmo período de 2014, de acordo com dados da Associação Comercial do Amazonas (ACA).

Os dados da pesquisa apontam que o resultado negativo do Dia dos Pais é resultante d o desaquecimento econômico, influenciado principalmente pelo aumento dos juros, e pela diminuição do poder de compra causado pela alta da inflação. As vendas na data vêm despencando desde o ano passado, quando foi registrada queda de 5,01% no volume de vendas para o período.

A pesquisa referente ao Dia dos Pais, conforme a CDL-Manaus, comprova a tendência de queda já observada em outras datas comemorativas de 2015.

O levantamento aponta ainda que a preferência pela compra à vista se mantém, o que gera queda as vendas a prazo, comprovando o temor dos consumidores ao pagamento parcelado. Apesar do cenário adverso de consumo, a estimativa era de que R$ 71 milhões seriam injetados na economia, conforme previsão da CDL-Manaus.

Movimento

Segundo o presidente da ACA, Ismael Bichara mesmo com a crise econômica, a data comemorativa foi positiva em algumas lojas da capital e concorreram diretamente, no volume de vendas, com o Dia das Mães. “Em maio, quando se comemora o Dia das Mães, a crise se instalou verdadeiramente no comércio e as vendas tiveram um recuo significativo. Quando comparamos as duas datas comemorativas, podemos observar que as vendas do Dia dos Pais foi boa. Alguns empresários registraram alta procura”, destacou Bichara.
Segundo o gerente da loja Novo Mundo, José Ricardo, a maior demanda foi na venda de smartphones, mais em comparação a outros produtos do setor as vendas mantiveram uma estabilidade.

“Na nossa loja tivemos um crescimento relativo, mas não podemos dizer que tivemos alto, pelo contrário, mantemos a demanda nas vendas estável”. Isso deve ao fato do cliente ser cauteloso a nossa expectativa é superar esses números em outras datas comemorativas”, explicou.

De acordo com a pesquisa da CDL-Manaus, os pais preferiram ganhar de presente peças de vestuário (20,6%) e, devido à tendência crescente de inclusão digital, os aparelhos celulares ficaram em segundo lugar (9,8%) na preferência dos pais.

Por Lindivan Vilaça

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir