Economia

Vendas de motocicletas ficam estagnadas na 1ª quinzena de maio

Comparados aos primeiros 15 dias de dezembro de 2013 (68.596 unidades), os números de emplacamentos deste ano (65.118) apresentam recuo de 5,1% - foto: Ione Moreno

Na média diária, volume comercializado chegou a 5.449 unidades, praticamente empatando com abril (5.453), mas perdendo para maio de 2014 (6.089), segundo a Abraciclo – foto: Ione Moreno

As vendas diárias de motocicletas – cuja produção é concentrada na Zona Franca de Manaus (ZFM) – ficaram estagnadas na comparação da primeira quinzena maio (5.449) com igual período de abril (5.453).

Em relação ao volume registrado pelas concessionárias brasileiras no quinto mês de 2014, o resultado aponta para queda de 10,5%, com um total de 6.089 veículos comercializados.

Os dados foram divulgados pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), nesta segunda-feira (18) e tiveram como base os licenciamentos do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), compilados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Em termos de emplacamentos, a evolução dos números também se repete. Em maio (10 dias úteis) foram emplacadas 54.494 motocicletas, contra 54.531 unidades em abril (também 10 dias úteis). Já em relação ao mesmo período do ano passado, que totalizou 60.890 emplacamentos, o recuo foi de 10,5%.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir