Economia

Veículos que operam com GNV são notificados durante fiscalização do Ipem-AM

Conforme o Ipem, 85 veículos foram fiscalizados e a iniciativa visa garantir a segurança de motoristas que usam o combustível e combater instalações clandestinas - foto: divulgação

Conforme o Ipem, 85 veículos foram fiscalizados e a iniciativa visa garantir a segurança de motoristas que usam o combustível e combater instalações clandestinas – foto: divulgação

Sete veículos que operam com o Gás Natural Veicular (GNV)  foram notificados na tarde desta quarta-feira (22), durante uma fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM), em Manaus. Segundo o instituto,  os carros apresentaram irregularidades em relação à falta do selo de Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), cilindro fora da validade e instalação de kits sem inspeção feita pelo Ipem-AM.

Conforme o Ipem, 85 veículos foram fiscalizados e a iniciativa visa garantir a segurança de motoristas que usam o combustível e combater instalações clandestinas.

O diretor-presidente do Ipem-AM, Márcio André Brito, enfatizou que um dos itens que comprovam a correta instalação do kit do GNV é o selo de segurança do Inmetro nos cilindros. “O Governo do Estado estimula o uso o gás natural desde que se siga todos os procedimentos técnicos para não haver problemas em relação a segurança”, afirmou.

Perigo

Segundo o diretor, circular com veículos sem a devida inspeção oferece perigo não só para os condutores, mas para todos no trânsito. “Sem a verificação adequada, não há como saber se a instalação do GNV cumpriu todas as normas exigidas, assim, esses transportes se tornam verdadeiras bombas relógio”, completou.

Em Manaus, existem cinco oficinas credenciadas pelo órgão para realizar a instalação do sistema de combustível. Quem for flagrado utilizando esse kit sem passar pelas inspeções ou com os cilindros vencidos será lavrado um auto de infração e a multa pode chegar até R$ 50 mil.

Economia

O taxista e secretário do Sindicato dos Condutores Autônomos e Taxistas de Manaus, Sebastião Cavalcante, adotou o uso de GNV em seu carro há seis anos e garante que a economia é um dos principais benefícios em seu trabalho. “Nossa economia chega a 45% com o uso do combustível alternativo. Por isso é sempre bom circularmos com toda a nossa documentação e vistorias em dia, pois o benefício é nosso”, explicou.

Segundo a Empresa de Gás do Amazonas (Cigás), órgão responsável pela distribuição e comercialização do GNV em Manaus, cerca de 2,2 mil veículos, entre particulares e comerciais, operam com GNV na cidade. “O gás natural é até mais seguro, pois é mais leve que o ar e se dissipa rapidamente na atmosfera em caso de vazamento. Quando se respeita os requisitos do gás, o motorista só tem a ganhar com a segurança e economia do combustível”, assegurou Flávio Fernandes, gerente de operação e manutenção da Cigás.

Oficinas credenciadas a instalar o GNV

GNV da Amazônia, bairro Praça 14, Rua Ramos Ferreira, 2287 (92) 99131-1669

SOS Manaus Gás Auto Center, bairro Japiim, Av. Tefé, 3.626 (92) 3237-5038 / (92) 99418-4738

Via Alvorada, bairro Alvorada 3, Rua Prof. Abílio Alencar (Antiga Rua 5), 26 (92) 3659-0240 / (92) 3658-2972

Auto Peças ACA, bairro São Francisco, Rua Pimenta Bueno, 10A (92) 3343-5193 / (92) 99240-2466

Expresso Car Pneus, bairro Betânia, Rua Adalberto Vale, 102A (92) 3346-3063 / (92) 3346-3063

Postos autorizados a comercializar o GNV

Posto San Remo – Bola da Suframa;

Posto Vitória Régia – Avenida Constantino Nery;

Posto Equador – Avenida Torquato Tapajós;

Posto Atem – Avenida Constantino Nery;

Posto BR Ponta Negra – Avenida Coronel Teixeira.

Posto Torquato II (Atem Distribuidora) – Avenida Torquato Tapajós (próximo a Keihin, sentido bairro/centro).

Com informações da assessoria

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Sindcomb Notícias – Quinta-Feira, 23 de Junho de 2016 – SINDCOMB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir