Dia a dia

Universitário é assassinado por ‘amigo’ durante discussão, na Zona Centro-Sul

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) - foto: reprodução/Facebook

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) – foto: reprodução/Facebook

O universitário Marcelo Andrews Santos Serudo, 31, morreu na manhã desta segunda-feira (4), no Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, após ter sido espancado e esfaqueado pelo próprio amigo, o empresário Maxwel Araújo, na madrugada do último domingo (3), na rua Tailândia, bairro Parque das Nações, Zona Centro-Sul.

Segundo informações de familiares da vítima, o estudante e o suspeito eram amigos e costumavam beber juntos.

Conforme o tio do universitário, o administrador de empresas Dunga Serudo, 45, Marcelo consumia bebida alcoólica com o suspeito na frente da casa de Maxwel, quando ambos começaram a discutir. O motivo da briga é desconhecido para os familiares do estudante.

“Depois da discussão, Marcelo foi embora, mas alguns minutos depois, ele voltou para se desculpar com o assassino que já estava armado com uma barra de ferro e uma faca, com a intenção de matá-lo. Maxwel desferiu uma facada nas costas e depois cortou o pescoço”, relatou o tio da vítima.

Ainda de acordo com o administrador, após o crime, o suspeito fugiu e deixou a barra de ferro e a faca em sua residência. O irmão de Maxwel, que não teve o nome revelado, encontrou o estudante caído e sagrando na casa do suspeito e o levou para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Danilo Corrêa, no bairro da Cidade Nova.

Os familiares de Marcelo ainda informaram que ele é filho do investigador de Polícia Civil, Leopoldo Tavares Serudo.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

Por Ana Sena/ Jornal AGORA

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir