Dia a dia

Unidades de saúde em Manaus oferecem testes rápidos para Hepatite dos tipos B e C

O foco principal das ações é a prevenção e detecção precoce das hepatites B e C, consideradas as mais graves – foto: divulgação

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, a expectativa é realizar cerca de 4 mil testes, somente na capital – foto: divulgação

Na reta final da campanha pelo Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais, a Secretaria Estadual de Saúde (Susam) irá oferecer testagem rápida para os tipos B e C da doença e promoverá ações educativas nas unidades e no Centro de Manaus. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, a expectativa é realizar cerca de 4 mil testes, somente na capital.

O serviço de testagem será oferecido nesta quarta-feira (27), de 8h às 12h, na Fundação Alfredo da Matta, unidade da Susam; na quinta-feira (28), de 8h às 17h, na Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ) e no Hospital Universitário Getúlio Vargas, onde também acontecerão palestras sobre a doença. Na FHAJ, o trabalho contará com a parceria da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), por meio da Liga Acadêmica de Hepatologia. Os testes serão realizados no ambulatório da unidade.

Na sexta-feira (29), durante o encerramento da campanha, o serviço de testagem rápida será oferecido na Fundação de Medicina Tropical Dr Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), de 8h às 15h. Nesses três dias, cada unidade disponibilizará mil testes.

A campanha também contará, nesta semana, com ações educativas e distribuição de material informativo e camisinhas no centro da cidade, mais especificamente na Manaus Moderna, na quinta-feira (28), e na Galeria Espírito Santo, na sexta-feira (29), de 9h30 às 11h.

A campanha pelo Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais começou no dia 08 deste mês e encerra na sexta-feira (29). A programação acontece na capital e no interior e ao todo serão ofertados 41.800 testes rápidos para Hepatite B e 41.800 para o tipo C da doença. Serão distribuídos 600 mil preservativos masculinos e mais de 200 mil folders informativos.

O tema da campanha, este ano, é “Liberdade é se cuidar. Que tal testar?”. A programação tem à frente a Coordenação Estadual de DST/Aids e Hepatites Virais, vinculada à FMT-HVD e é realizada em parceria com as secretarias municipais de saúde e entidades que atuam no setor. Em Manaus, além das instituições já citadas, estão também engajados na campanha o Núcleo de DST/Aids e Hepatites Virais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), o Fórum LGBT e a Rede de Amizade & Solidariedade às Pessoas Vivendo com HIV/Aids.

A diretora-presidente da FMT-HVD, Graça Alecrim, destaca que o objetivo da campanha é reforçar os alertas para a prevenção e diagnóstico precoce das Hepatites Virais. Ela ressalta que o Amazonas possui uma rede de diagnóstico, com oferta de testes rápidos para detecção das Hepatites B e C, em todos os municípios, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Preceptora da Residência Médica da FHAJ, especialista em Gastroenterologia e doutora em Hepatologia pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Cristina Melo Rocha destaca que 95% das pessoas que vivem com hepatite viral não sabem que são portadoras do vírus. “A hepatite decorre da inflamação do fígado. É uma doença silenciosa”, ressalta. “O tratamento adequado e a tempo hábil é importantíssimo para evitar a transmissão e a progressão da doença e suas graves consequências”, alertou.

Segundo Cristina Rocha, que também é professora da UEA, o objetivo do projeto “Dia Internacional das Hepatites UEA/FHAJ”, além de realizar testagem para hepatites virais, é conscientizar o público participante sobre a importância dessa triagem. “Também estaremos trabalhando para identificar os casos positivos para hepatites e encaminhar para o serviço ambulatorial de Hepatologia da Fundação”, informa a médica.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir