Dia a dia

Um bandido é morto e outro ferido durante assalto a executivo na Djalma; atirador seria policial

Um dos assaltantes não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O outro foi socorrido pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu) - foto: Ana Sena

Um dos assaltantes não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O outro foi socorrido pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu) – foto: Ana Sena

Um homem morreu e outro ficou ferido durante assalto a um executivo da linha 822, na avenida Djalma Batista, na Zona Centro-Sul de Manaus. O fato ocorreu no início da tarde desta segunda-feira (25).

De acordo com a Polícia Civil, os dois suspeitos entraram no coletivo na parada em frente ao Manaus Plaza Shopping e no momento que o microônibus atravessava a passagem subterrânea, os suspeitos anunciaram o assalto.  Um deles estava armado.

Ainda conforme a polícia, a dupla recolheu todos os pertences dos passageiros, no entanto, no momento em que os assaltantes estavam terminando a ação, uma pessoa, que segundo os passageiros seria um policial, reagiu e atirou pelos menos cincos vezes na direção dos suspeitos.

O delegado Demetrius de Queiroz, titular do 23º Distrito Integrado de Polícia (DIP), informou que a grande probabilidade do atirador ser um policial, mas também pode ser um bandido ou qualquer outra pessoa que ande armada.

Um dos assaltantes não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O outro foi socorrido pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu) e levado para o   Hospital e Pronto João Lúcio, na Zona Leste de Manaus.

Conforme o motorista do coletivo, Marcos Cesar, os tiros foram efetuados dentro executivo, o que deixou os passageiros desesperados.

Devido ao fato, o trânsito ficou congestionado no sentido bairro/Centro da avenida. Homens do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) estão no local para orientar os demais condutores que trafegavam pela via.

Por Mara Magalhães

Colaborou Ana Sena

1 Comment

1 Comment

  1. Eliton oliveira

    25 de julho de 2016 at 16:08

    Vai tarde vagabundo agora so falta prender quem atirou era pra ter matado o outro # partiu vagabundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir