Dia a dia

Última vítima da explosão de gás recebe alta

A menina de apenas 3 anos  estava internada Pronto-Socorro da Criança, na Zona Sul - foto: Diego Janatã

A menina de apenas 3 anos estava internada Pronto-Socorro da Criança, na Zona Sul – foto: Diego Janatã

Após passar 2 meses e 11 dias internada no pronto-socorro da Criança da Zona Sul, a menina Lorelany Auziel Pereira, 3, recebeu alta neste fim de semana, de acordo com informações da Secretaria Estadual de Saúde (Susam). Lorelany era a última vítima internada, da explosão de um cilindro de gás, ocorrida no dia 7 de março, na avenida Batron, bairro Tancredo Neves, na comunidade Novo Reino, Zona Leste.

Além de Lorelany Pereira, ficaram internados outras 13 pessoas, das quais três delas, Flávia Costa Hoyos, 28, a filha Laís Mirella, 3, e Wildevane de Souza Colares, 37, não resistiram aos ferimentos e morreram.

Passados dois meses do acidente, ainda não há um laudo sobre as causas da explosão. O delegado titular em exercício da Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), Henrique Brasil, informou que as investigações estão em curso normal.

De acordo com ele, as vítimas estão sendo ouvidas à medida em que foram identificadas e expedidas as devidas requisições da perícia e por se tratar de um caso complexo, o laudo ainda não está pronto, estando aos cuidados do Instituto de Criminalística. “A Polícia Civil aguarda a confecção do laudo pericial, para então, realizar diligências complementares”, explicou.

 

Da redação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir