Mundo

Ucrânia: 100 policiais ficam feridos durante explosão em frente ao Parlamento

Cerca de 100 policiais ficaram feridos hoje (31) depois da explosão de uma granada durante uma manifestação em frente ao Parlamento da Ucrânia, informou a polícia de Kiev. O incidente ocorreu durante confrontos entre a polícia e manifestantes nacionalistas, que protestavam contra a aprovação pela Rada Suprema (Parlamento) da polêmica reforma constitucional, que concede mais autonomia aos territórios separatistas do Leste do país.

O chefe da polícia da capital ucraniana, Alexander Tereschuk, disse à imprensa que o homem que lançou a granada foi detido. “Tenho informação de que há mortos”, disse o presidente da câmara de Kiev, Vitali Klitshcko, à televisão 112 Ukraina.

Entre os feridos, há pelo menos quatro que estão em estado grave, segundo a Guarda Nacional, uma força militarizada que depende do Ministério do Interior e é formada em parte por voluntários que integraram as milícias de defesa de Maidan, movimento pró-europeu que liderou a contestação de fevereiro de 2014.

Um dos feridos graves citados pelo chefe da polícia perdeu ambas as pernas. Nenhum manifestante sofreu ferimentos, segundo a mesma fonte.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir