Eleições 2016

TV EM TEMPO realiza debate eleitoral dia 27

O debate será dividido em cinco blocos, sendo os três primeiros para perguntas entre os candidatos – foto: arquivo EM TEMPO

O debate será dividido em cinco blocos, sendo os três primeiros para perguntas entre os candidatos – foto: arquivo EM TEMPO

No próximo dia 27 deste mês, às 22h, a TV Em Tempo do Grupo Raman Neves de Comunicação realizará o terceiro debate político com os candidatos a prefeito de Manaus. Dos nove prefeituráveis existentes, apenas Arthur Neto (PSDB), Marcelo Ramos (PR), Hissa Abrahão (PDT), Henrique Oliveira (SD), Serafim Corrêa (PSB), José Ricardo (PT) e Silas Câmara (PRB) participarão do programa.

A determinação faz parte da Lei Eleitoral, que prevê que apenas candidatos de partido com representantes na Câmara Federal devem integrar o debate. Por este motivo, Luiz Castro (Rede) e Marcos Queiroz (Psol) não irão participar.

O projeto do debate está sendo produzido pela apresentadora e diretora de jornalismo da TV EM TEMPO, Marcela Rosa, que afirma estar a mais de um mês idealizando a forma do programa. “É a terceira eleição seguida em que vamos produzir o debate e estamos nesse trabalho que envolve mais de 100 pessoas, entre jornalistas, produtores, técnicos e direção e toda a parte logística. Fui até São Paulo, para negociar com o SBT o horário e a vinda do mediador que irá conduzir o programa, que será o jornalista Marcelo Torres, que nas últimas eleições mediou os nossos debates”, disse. O jornalista Marcelo, atualmente, apresenta o jornal do SBT, no horário de meia-noite e é repórter especial do SBT Brasil.

O debate terá duração de mais de 2 horas e 30 minutos, divido em cinco blocos. O 1º, 2º e 3º serão de rodadas dos candidatos perguntando para outros candidatos. No 4º bloco acontecerá as perguntas do eleitor para os candidatos e no último, haverá somente considerações finais, onde cada prefeiturável terá um minuto e meio. “Isso faz com que o debate fique bastante movimentado porque tem bastante gente e tem todo o esquema de cenário. Houve estudo para caber no tempo que o SBT tem disponível para nós”.

Ponto alto

A intenção da diretora de jornalismo é não usar os mesmos formatos anteriores. “Nos tradicionais, existiram os sorteios de quem pergunta para quem. No sorteio, um certo candidato não consegue falar com o outro candidato, aí aquele confronto que o público tanto quer ver acaba não acontecendo. Então, nesse, todos vão falar com todos. Vamos ter a participação efetiva do eleitor, não só pelas redes sociais, mas no debate também”, adiantou Marcela.

Questionado sobre como acontecerá as inovações, o mediador preferiu não comentar para que na hora as pessoas possam se surpreender com o ineditismo da didática que será proposta no debate da TV EM TEMPO. “Prefiro não falar para que seja surpresa. Mas, a ideia é que esse debate seja mais uma conversa do que um embate, algo mais direto com o eleitor telespectador”, afirmou.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir