Cultura

Turnê do baterista alemão Tony Royster Jr. chega a Manaus

O músico está fazendo uma turnê por dez capitais brasileiras - foto: divulgação

O músico está fazendo uma turnê por dez capitais brasileiras – foto: divulgação

O baterista alemão Tony Royster Jr. apresentará um workshp do instrumento em Manaus neste próximo sábado (28), as 18h na instituição religiosa IEPB – Missionários em Chamas. Estão previstas duas horas de evento, com show de abertura do baterista Airton Silva (o “Gaúcho”), da Orquestra de Beiradão do Amazonas. O músico está fazendo uma turnê por dez capitais brasileiras.

Para o músico Neto Antunes, o evento é a realização de um sonho. “É difícil conseguir fechar um contrato com um artista como ele. É preciso haver esforço de ambas as partes, pois é um evento caro, mas o Tony demonstrou muita boa vontade em vir para cá”, comenta o organizador, que define o evento como um “workshow”. “Para músicos da minha geração trata-se da realização de um sonho”.

O baterista Neto Antunes adianta que Royster Jr. vai falar sobre a sua vida – o pai começou a incentivá-lo a tocar bateria aos 3 anos de idade –, tocar músicas próprias, abordar técnicas que envolvem esse instrumento, entre outros assuntos. O organizador lembra que Tony Royster Jr. está em turnê pelo Brasil numa temporada com o seu workshop que inclui 10 capitais, entre elas Manaus. “Essa turnê teve início no último dia 18”, comenta Antunes.

Já o músico Airton Silva, adianta que, durante a abertura do evento deste sábado, tocará o baião “Guisado de capivara”, uma composição do músico La Bamba, e “Massemba, semba e samba”, obra do violonista Ziza Padilha, de Belém. “Também apresentarei o solo ‘Beiradão amazônico’. Faço questão de mostrar ao Tony composições brasileiras. Vou aproveitar para falar de ritmos do país e do trabalho com a Orquestra de Beiradão do Amazonas”, completa.

Airton Silva atua como educador há 20 anos e, há 10, dá aulas de bateria no Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro. Também integra a Amazonas Jazz Band e a Orquestra de Beiradão do Amazonas, além de compor a banda-base de eventos como o Festival da Canção de Itacoatiara (Fecani), há mais de 15 anos, e de todas as edições do Festival Amazonas de Música.

Estão disponíveis dois tipos de ingressos para ter acesso ao workshop de Tony Royster Jr., o comum e o VIP. Este dá o direito aos participantes das primeiras cadeiras de serem recebidos pelo norte-americano em seu camarim após o evento.

Referência

Para Airton Silva, Tony Royster Jr. pode ser considerado um baterista virtuoso. “Ele demonstrou desde cedo facilidade de tocar esse instrumento e, mesmo sem querer, tornou-se uma referência no mundo inteiro”, observa. “Hoje em dia, o Tony é patrocinado pelas melhores marcas de instrumentos”, destaca Neto Antunes.

Royster Jr. nasceu há 31 anos na Alemanha, mas cresceu nos Estados Unidos. A bateria entrou em sua vida quando tinha apenas 3 anos, por incentivo do pai, o guitarrista Anthony Royster. Na internet é possível conferir o talento precoce do artista por meio de vídeos produzidos quando ele tinha 12 anos.

Alguns dos artistas com quem ele já trabalhou são o quarteto feminino de rhythm and blues En Vogue, a boy band Imajin, também de R&B, o rapper Jay-Z, a cantora de soul Joss Stone e o cantor pop Joe Jonas (ex-Jonas Brothers). Atuou ainda com o multi-instrumentista Paul Shaffer (do “Late show”), na Nickelodeon House Band, e, aos 15 anos, apresentou-se no 42º Grammy Awards. Entre os prêmios que Tony Royster Jr. conquistou está o “Louis Armstrong Jazz Award”, em reconhecimento a sua musicalidade e criatividade.

Por Luiz Otávio Martins

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir