Dia a dia

Trio é preso por diversos roubos de veículos e assaltos em Manaus

O trio é suspeito em dez roubos de veículos e assaltos em Manaus - foto: Ana Sena

O trio é suspeito de aproximadamente dez roubos de veículos e assaltos em Manaus – foto: Ana Sena

O trio Gabriel Silveira Miranda, 21, Matheus Magalhães Soares, 18, e José Ferreira Dias, conhecido como ‘Acreano’, foi preso por envolvimento no roubo de mais de dez veículos e assaltos na capital amazonense.  A prisão se deu em cumprimento a mandado e os três foram apresentados na manhã dessa terça-feira (29) pela equipe da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv) na Delegacia Geral da Polícia Civil, bairro Dom Pedro, Zona Oeste.

O titular da Derfv, Péricles do Nascimento, informou que policiais militares efetuaram a prisão de um dos suspeitos no dia 26 de março deste ano. Gabriel havia participado do roubo de dois veículos, sendo um Voyage e uma motocicleta, ocorrido na rua Santa Luzia, bairro Compensa, Zona Oeste. Além dele, dois adolescentes que também participaram da ação foram apreendidos e encaminhados a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

“Os veículos eram roubados para ser usados em assaltos. Em outras ocasiões, os carros eram vendidos para José no valor de R$ 2 mil, que depois os revendia por R$ 10 mil”, disse o delegado.

Matheus foi preso no sábado (26), em cumprimento a mandado expedido no dia 24 de março pelo juiz plantonista Frank Augusto Lemos Nascimento. Já José, segundo envolvido no crime, foi capturado por volta das 11h da manhã desta segunda-feira (28), na rua Bom Jesus, bairro Zumbi dos Palmares 2, Zona Leste da cidade.

O delegado acrescentou que Gabriel e Matheus abordaram o juiz Luiz Cláudio Cabral e o pai dele, na rua 5, bairro Parque Dez de Novembro, Zona Centro-Sul. O veículo do magistrado, um Nissan Natch, foi levado pela dupla. O carro foi abandonado no dia seguinte na rua Pantanal, bairro Compensa.

Gabriel foi autuado em flagrante por corrupção de menores, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e roubo majorado. Matheus foi indiciado por roubo majorado e associação criminosa. José, que já tem passagem pela polícia por roubo no Estado do Acre, responderá por associação criminosa e receptação qualificada.

Os três homens foram encaminhados a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde aguardarão a decisão da Justiça.

Por Josemar Antunes
Colaborou Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir