Sem categoria

Trio é preso por desvio de carga de cigarros avaliada em mais de R$ 1 milhão

O trio foi autuado por furto qualificado e associação criminosa - foto: Ana Sena

O trio foi autuado por furto qualificado e associação criminosa – foto: Ana Sena

Ricardo da Silva Pereira, 37, Manoel Zenilton Matos dos Santos, 42 e Rui Manoel Batista dos Reis, 39, foram apresentados na manhã desta sexta-feira (24), na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), suspeitos de desviarem uma carga de cigarros avaliada em mais de R$ 1 milhão, no dia 7 deste mês do porto do Chibatão, no bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Leste de Manaus. Outro envolvidos no crime ainda estão foragidos.

Conforme a polícia, Ricardo foi preso na manhã da última terça-feira (21), em um sítio, localizado no bairro Tarumã, Zona Oeste, Manoel foi interceptado no porto do Chibatão, onde trabalhava, já Rui foi preso na tarde de quinta-feira (23), em via pública do bairro Alvorada, também na Zona Oeste.
Os suspeitos foram presos em cumprimento mandado de prisão expedido no dia 17 de deste mês, pelo juiz do Plantão Criminal, Anésio Rocha Pinheiro.

O delegado titular da Derfd, Adriano Felix, explicou como o grupo agiu. Manoel, que é funcionário do porto, formulou uma documentação falsa para a liberação de uma carga com aproximadamente 800 milhões de unidades de cigarros, avaliada em mais de R$ 1 milhão. Ricardo, alugou o maquinário para retirar a carga do local. Rui ficou responsável por dirigir o veículo que transportava a carga roubada e levar para um sítio alugado pelo bando.

“Após o roubo, a nossa equipe foi informada sobre o fato e começamos as investigações. Em seguida conseguimos chegar ao trio, porém, a carga ainda não foi localizada, não sabemos se ainda está em Manaus ou se já foi levada para outro Estado. Esse grupo também é investigado por envolvimento em outros roubos na cidade”, disse Adriano Felix.

Segundo o delegado, outros três suspeitos que são apontados como os mandantes do roubo, identificados como Ednelson Ferreira dos Passos, 31, Carlos André Parente Lima, conhecido como ‘Binho’, e Luciano da Silva Formiga, o ‘Gordo’, estão foragidos.

O trio foi autuado por furto qualificado e associação criminosa. Após os procedimentos serão levados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir