Esportes

Trio do Flu pode se juntar a Neymar no Barcelona

O último Sul-Americano sub-20 pode ter servido para formar uma pequena legião tricolor no Barcelona em 2016. Foi na competição internacional que o ‘trio de ouro’ do Fluminense – formado pelo meia Gérson, o zagueiro Marlon e atacante Kenedy – começou a se destacar aos olhos dos europeus. Liderados pelo meia, eles podem desembarcar no time de Neymar e Messi em breve.

Enquanto o meia já tem acordo de prioridade em sua venda acertado com os espanhóis, os outros por enquanto estão apenas sob sondagens do atual campeão europeu. A aproximação com o Flu deve facilitar as transferências de Kenedy e Marlon. O primeiro já era alvo do Barcelona há alguns meses.

Se antes Gérson era o maior desejo dos europeus, agora o Barcelona já admite um pacotão tricolor. Assim como o meia, Marlon e Kenedy se destacaram pela seleção brasileira sub-20. Apenas o zagueiro foi para o Mundial da categoria, mas os outros dois também estiveram próximos de disputar a competição. O atacante foi cortado com apendicite, enquanto o meia se desentendeu com o então técnico Alexandre Gallo, responsável pela convocação para o torneio.

A venda de Gérson já equilibraria as contas do Flu deste ano. No começo do ano, o déficit previsto na temporada era de pouco mais de R$ 40 milhões e a transferência do jogador deve render ao clube ao menos R$ 49 milhões. No mês passado, o time carioca recebeu R$ 10 milhões do Barcelona pela cessão da preferência em uma futura venda do meia.

Gérson não tem a negociação mais adiantada à toa. O meia é uma das principais promessas do futebol brasileiro e chegou a ser comparado ao francês Pogba, da Juventus, por jornais europeus no começo do ano. A vontade do jovem é de defender o time espanhol, mesmo com assédio intenso da Juventus.

No Brasileiro, apenas Gérson tem atuado regularmente. Marlon está com o Brasil na disputa do Mundial sub-20, enquanto Kenedy se recupera de apendicite. Os três, no entanto, são titulares absolutos do time comandado por Enderson Moreira.

Na Espanha, o lateral esquerdo Marcelo, hoje no Real Madrid, é o jogador mais famoso formado na base do Fluminense. Assim como Kenedy, Marlon e Gérson, ele deu os primeiros passos nas Laranjeiras e logo foi vendido para o futebol espanhol após se destacar em 2006.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir