Política

Tribunal Regional Eleitoral cancela mais de 29 mil títulos no Amazonas

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) cancelou mais de 29 mil títulos de eleitores do Amazonas. Os cancelamentos são de pessoas que não votaram, não justificaram a ausência nas últimas três eleições e nem pagaram a respectiva multa.

Desse montante, 20.018 foram títulos da capital, enquanto o restante, 9.428, foram do interior.

O TRE informou que a exclusão do cadastro eleitoral não é uma medida punitiva da Justiça Eleitoral, mas o cancelamento visa manter atualizado o cadastro nacional de eleitores, retirando desse cadastro aqueles que não estão quites com suas obrigações eleitorais.

Conforme o tribunal, o eleitor pode reativar o título comparecendo a sua zona eleitoral. Para isso, a pessoa deve ir munida de um documento de identificação com foto e um comprovante de residência atualizado. Além disso, deverá pagar multa no valor de R$ 3,51, a ser pago por cada ausência às urnas.

Caso o eleitor não providencie a regularização do seu título, além de não poder votar em eleições futuras, não poderá inscrever-se em concurso público, nem receber salário. Ficará também impossibilitado de obter empréstimos em instituições bancárias, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo.

O eleitor também não poderá tirar passaporte ou carteira de identidade e ficará proibido de renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

 

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir