Dia a dia

Três unidades prisionais da capital são vistoriadas pela Seap neste domingo

Na Vidal Pessoa foram encontradas 10 caixas de cerveja - Arquivo EMTEMPO

Na Vidal Pessoa foram encontradas 10 caixas de cerveja – Arquivo EMTEMPO

Neste domingo (13), três unidades prisionais masculinas foram  foram vistoriadas  pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), através da Coordenação do Sistema Penitenciário (Cosipe). Em um dos presídios foram encontradas 10 caixas de cerveja.

A ação foi acompanhada pelo secretário, Pedro Florêncio e pelo secretário executivo adjunto, Major Klinger Paiva, para coibir a entrada de materiais proibidos nas unidades prisionais.

As vistorias foram realizadas nas unidades do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM) e no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), localizadas no KM 8, na BR-174.

Segundo o secretário, Pedro Florêncio, as revistas nos dias de visita possuem também a finalidade de trazer segurança para os próprios internos. “A fiscalização dos alimentos que os visitantes trazem têm sido reforçada. Não estamos mais permitindo a entrada de comidas cruas aos sábados e domingos por conta da agilidade no processo de visita. Anteriormente, as visitas levavam ranchos muito grandes que atrasavam as revistas”.

Na próxima semana, o secretário pretende elaborar uma portaria determinando que tipos de alimentos crus podem ser levados, quando serão recebidos e quantidade que cada familiar terá direito. “Tudo isso é para melhorar e diminuir a espera”. Além disso, as equipes que estiverem na fiscalização vão receber orientações sobre os procedimentos que devem ser adotados futuramente.

As revistas humanizadas que estão sendo efetuadas pelos funcionários das unidades abrangem até a verificação de documentação na entrada das unidades. “Dessa forma evitamos fraudes e como já ocorreu, entrada de menores com identidade falsa sem acompanhamento de responsáveis”, explicou Pedro Florêncio.

Apreensões em unidades prisionais neste domingo

As novas recomendações de revista já estão coibindo a entrada de materiais proibidos nas unidades prisionais. Na manhã deste domingo (13), por volta das 10h50, a visitante Carol Laiane Divino, esposa do interno Erick de Jesus Ferreira, do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), do pavilhão B, cela 207, foi flagrada tentando entrar na unidade com uma porção de droga. A visitante foi conduzida ao 19º Distrito Integrado de Polícia (19º DIP).

No início da tarde, por volta das 13h30, foi encontrado na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, 10 caixas de cerveja no banheiro da unidade. O diretor adjunto, Alexandre Moraes, encontrou o material proibido durante uma ronda. “As caixas estavam dentro de duas sacolas, por trás da porta. Fomos verificar o conteúdo e encontramos as cervejas”, explicou o diretor adjunto.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir