Dia a dia

Três são presos por tráfico de drogas em Manaus; 17 quilos de entorpecentes apreendidos

O trio foi autaudo por tráfico de drogas e associação para o tráfico - foto: divulgação/PC

O trio foi autuado por tráfico de drogas e associação para o tráfico – foto: divulgação/PC

Willieni Marinho da Silva, 39, o peixeiro Gleuson Almeida Rodrigues, 39, e companheira dele, Gleiciane Felipe Rego, conhecida como ‘Neguinha’, 32, foram apresentados nesta quinta-feira (18), na sede da Deleagcia Geral, na Zona Centro-Oeste de Manaus, por envolvimento com o tráfico de drogas.

Conforme a polícia, os três foram presos ontem (17), em situações distintas, quando também foram apreendidos 17 quilos de drogas.

Willieni foi presa na casa dela, situada na Travessa Icó, conjunto Amazonino Mendes, bairro Novo Aleixo, Zona Norte. O casal, Gleuson e Gleiciane, foi preso por volta das 13h, na casa onde morava, localizada no Beco Buriti, bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste da cidade.

De acordo com o delegado Henrique Brasil, titular da Delegacia Interativa (DI) e coordenador do projeto ‘Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades’, as investigações, que resultaram nas prisões, ocorreram após o recebimento de denúncias anônimas. Na casa de Willieni foram apreendidos cerca de 15 quilos de oxi, mas ela teria alegado que só estava guardando os entorpecentes.

“São situações distintas, primeiro recebemos uma denúncia informando sobre o laboratório, e quando chegamos ao local prendemos o casal. Willieni também foi presa após uma denúncia. Ela alegou que apenas guardava o material, porém, durante as nossas investigações, descobrimos que ela namorava um traficante e que sempre guarda droga para ele ”, disse o delegado.

Na casa de Gleuson e Gleiciane foram apreendidos aproximadamente dois quilos de oxi. No quarto dos fundos da residência do casal funcionava uma espécie de laboratório, onde era realizado o preparo do material ilícito.

Willieni foi autuada em flagrante por tráfico de drogas. Gleuson e Gleiciane foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico. As os procedimentos, as mulheres serão levadas para o centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF), no 8 da BR-174. Gleuson será conduzido para a Cadeiaa Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir