Sem categoria

Trânsito de Manaus faz quatro vítimas fatais no Natal

Welington e Adriano colidiram as fotos e morreram na hora- foto: divulgação

Welington e Adriano colidiram as fotos e morreram na hora- foto: divulgação

Ao menos quatro pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito nas últimas 24 horas na capital amazonense, conforme registros no Instituto Médico Legal (IML). Adriano Silva Nascimento, 34, e Welington Moreno da Silva, 18, morreram durante uma colisão entre duas motocicletas, na madrugada desta sexta-feira (25), na Pista da Raquete, bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste.

De acordo com a polícia, o acidente ocorreu por volta das 2h30, quando Adriano perdeu o controle da motocicleta, invadiu a contramão e bateu de frente na moto de Welington, que vinha no sentido Centro/bairro.

O amigo de Welington, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil, vinha na garupa e foi arremessado. Ele caiu, aproximadamente, 5 metros de distância do local da colisão. Uma mulher que estava na motocicleta de Adriano, e que também não teve o nome divulgado, ficou gravemente ferida.

As vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados ao Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, Zona Leste. Até a publicação desta matéria não foram divulgadas informações sobre o seu estado de saúde dos dois sobreviventes.

Policiais da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência que foi registrada no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

As outras duas ocorrências com vítimas fatais ocorreram na Zona Oeste de Manaus e na rodovia estadual AM-010. Eduardo Soares da Costa, 40, morreu após ser atropelado por volta das 12h20, dessa quinta-feira (24), na avenida Cyrillo Neves, bairro Compensa, Zona Oeste.

O motorista do veículo, um Ford, de placas não divulgada, chegou a prestar socorro, mas a vítima não resistiu e morreu na ainda no local. O trânsito foi parcialmente interditado pelo Instituto Municipal de Fiscalização e Engenharia do Trânsito (Manaustrans), e liberado após a remoção do corpo pelo Instituto Médico Legal (IML), por volta das 14h.

Rio Preto da Eva

O menino Daniel da Silva, de apenas 8 anos, também morreu atropelado no quilômetro 122, na zona rural do município de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus). O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). Ele morava no bairro Armando Mendes, Zona Norte de Manaus.

Por Conceição Melquíades

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir