Dia a dia

Traficante que mandou matar comparsa é preso, na Zona Leste

Erinaldo foi autuado por homicídio. Após os procedimentos cabíveis ele será encaminhado à Cadeia Pública - foto: Ana Sena

Erinaldo foi autuado por homicídio. Após os procedimentos cabíveis ele será encaminhado à Cadeia Pública – foto: Ana Sena

Erinaldo Nascimento Marques, conhecido como ‘Pintinho’, 23, foi apresentado na manhã desta quinta-feira (15), na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) como sendo o mandante do homicídio de Gleisson Alves Torres, ocorrido no dia 17 de maio de 2013, na comunidade Santa Inês, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste.

O homem foi preso na tarde dessa quinta-feira (14), no Jorge Teixeira, em cumprimento a mandado de prisão expedido no dia 15 de setembro de 2014 pelo juiz da 2ª Vara Criminal, Anésio Rocha Pinheiro. Os policiais chegaram até ele após denúncia anônima informando que o suspeito tinha voltado para à residência de familiares.

Segundo informações do titular da DEHS, delegado Ivo Martins, Erinaldo é traficante da área e mandou o comparsa dele, identificado como Diogo Sidney Ferreira Araújo, 25, o ‘Ben 10’, matar ‘Pintinho’. O ‘Ben 10’ foi morto há seis meses e desde então a especializada investiga a morte dele.

O delegado informou ainda que o crime foi planejado após um desentendimento entre eles por causa de divergências relacionadas ao tráfico de drogas. A vítima foi morta com três tiros, que atingiram o tórax e o coração.

“Erinaldo soube que Gleisson estava tramando a morte dele. Por esse motivo, o infrator decidiu encomendar a morte da vítima antes que ele fosse assassinado” disse Martins.
Em depoimento, o suspeito nega ser o mandante do crime e diz que o irmão da vítima chegou a depor a favor dele, mas essa afirmação foi negada pela polícia.

Erinaldo foi autuado por homicídio. Após os procedimentos cabíveis ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, Centro.

Por Mara Magalhães

Com informações de Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir