Holofotes

Tiago Leifert defende Laércio nas redes sociais

As mensagens do apresentador acabaram causando ainda mais revolta no Twitter, uma vez que usuários lembraram de outra ocasião no 'BBB' - foto: divulgação

As mensagens do apresentador acabaram causando ainda mais revolta no Twitter, uma vez que usuários lembraram de outra ocasião no ‘BBB’ – foto: divulgação

Tiago Leifert foi parar nos trending topics do Twitter nesta segunda-feira (16), após comentar a prisão do ex-BBB Laércio, acusado de estupro de vulnerável.

O apresentador do ‘The Voice Brasil’, que já tinha defendido Laércio durante o ‘BBB’, pediu cautela com as acusações, chamando os internautas de “guerrilheiros das redes sociais”.

Em clima de ponderação, Leifert pediu que os internautas tomem mais cuidado e evitem “apedrejar” o curitibano. “Quando se tem provas, excelente! Quando não se tem nenhuma, não se pode agir”, escreveu. Uma das supostas vítimas de Laércio enviou “printscreens” de conversas à polícia, o que pode ser considerado prova.

“O trabalho é da polícia, não de justiceiros de rede social”, continuou o apresentador, ressaltando a gravidade do “perigo de ser injusto”. “Aqui você pode cobrar, gritar, mas não pode se tornar um guerrilheiro de rede social e correr o risco de ser injusto”.

As mensagens do apresentador acabaram causando ainda mais revolta no Twitter, uma vez que usuários lembraram de outra ocasião no ‘BBB’, na qual ele defendeu Laércio.

No programa, durante uma briga, Ana Paula havia chamado Laércio de ‘pedófilo’ por ele ter dito que já se relacionou com meninas mais novas. Na época, Leifert disse que “chamar alguém de pedófilo é uma acusação muito séria”. Ele também minimizou as reclamações de Ana Paula sobre a forma com o Laércio encarava as participantes. “Vocês estão muito nervosinhos”, disse.

Internautas cobraram que Leifert fizesse uma retratação por ter defendido Laércio nas duas ocasiões. Ou que pelo menos, escolhesse se manter em silêncio diante da situação. Ele não respondeu às provocações.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir