Mundo

‘Terroristas não intimidam EUA’, diz Kerry nos 14 anos do dia 11 de Setembro

No aniversário de 14 anos dos atentados terroristas do 11 de Setembro de 2001, nesta sexta-feira (11), o secretário de Estado americano, John Kerry, declarou que “amigos e adversários devem entender que os Estados Unidos nunca serão intimidados por terroristas”.

“Extremistas podem causar um sofrimento tremendo, mas nunca enfraquecerão nossa determinação nem nos afastarão de nossos propósitos”, disse o democrata, em nota.

Kerry homenageou as vítimas e disse que a tragédia une os americanos e aumenta sua vigilância.

Nesta sexta, foi realizada uma cerimônia pelos 14 anos desde os atentados, no Memorial do 11/9, ao sul da ilha de Manhattan. Ao longo de toda a manhã, familiares leram os nomes das vítimas e disseram algumas palavras sobre os parentes que perderam.

Adultos, crianças e idosos prestaram as homenagens. Muitos se emocionaram e se abraçaram. Em geral, trouxeram mensagens de amor e saudades. Alguns exibiam retratos.

Minutos de silêncio foram feitos, segundo o horário de Brasília, às 9h46, 10h03, 10h37, 10h59, 11h03, 11h28.

Os horários marcam, respectivamente, os momentos em que, há 14 anos, a torre norte do World Trade Center foi atingida, a torre sul foi atingida, o Pentágono foi atingido, a torre sul desabou, um voo desviado pelos passageiros caiu na Pensilvânia e a torre norte desabou.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir