Economia

Terceiro sorteio mensal da campanha Nota Fiscal Amazonense terá 133 mil participantes

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM) publicou nesta segunda-feira ( 9) de novembro, os bilhetes eletrônicos para os consumidores cadastrados na campanha Nota Fiscal Amazonense e que exigiram o CPF na nota em suas compras de outubro.

Foram gerados 2.429.191 bilhetes para 133.705 participantes. O sorteio será realizado na próxima quinta-feira, 12, na sede da Secretaria Executiva de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon-AM – avenida André Araújo, nº 1.500, Aleixo, centro-zona sul).

Os consumidores concorrem a um total de dez prêmios, sendo quatro de R$ 5 mil, três de R$ 10 mil, dois de R$ 20 mil e o prêmio principal de R$ 30 mil. As instituições sociais sem fins lucrativos adotadas pelos participantes concorrem a dez prêmios à parte, de R$ 2 mil até R$ 12 mil.

Este será o terceiro sorteio mensal da campanha de cidadania, cujo objetivo é tornar a exigência do documento fiscal um hábito por parte dos cidadãos do Amazonas. Até o momento, mais de 170 mil pessoas já se cadastraram no portal www.nfamazonese.sefaz.am.gov.br. No total, mais de 8,8 milhões de notas já foram registradas com CPF.

Novo aplicativo – Durante o sorteio, será apresentada a nova versão do aplicativo da Nota Fiscal Amazonense para celulares Android. Desenvolvido em parceria da Prodam com a Sefaz-AM, o aplicativo tornará mais prática e fácil a consulta das notas fiscais, bilhetes e prêmios, além da realização de denúncias e acompanhamento da apuração.

Até o final do ano, também serão lançadas as versões para as plataformas iOS e Windows Phone, permitindo a todos os participantes que possuam celular participar ativamente da campanha por meio de seus celulares.

Cadastro é fundamental – Desde o lançamento da Nota Fiscal Amazonense, no dia 3 de agosto, mais de 1 milhão de consumidores já informaram o CPF na nota. Porém, grande parte ainda não se cadastrou para conferir as premiações e receber os valores em conta bancária. A Sefaz-AM ressalta que o cadastro do cidadão é fundamental e pode ser feito via portal, aplicativo ou nos PACs.

“Quase 10 mil pessoas já ganharam prêmios instantâneos de até R$ 1 mil, mas cerca de 55% ainda não se cadastraram para conferir e receber os valores” informou o coordenador da campanha, Augusto Bernardo. Os prêmios que não forem resgatados em 90 dias serão cancelados, conforme o regulamento do programa.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir