Dia a dia

Tensão na volta de Parintins: 70 pessoas ficam à deriva no rio Amazonas

O dono do barco não queria acionar a capitania ou alertar sobre o problema a tripulação de outros barcos que passaram pelo local – Ione Moreno

A embarcação “Rei dos Reis”, que vinha do município de Parintins (a 369 km de Manaus) para a capital amazonense, nesta segunda-feira (3), sofreu pane mecânica e ficou à deriva no rio Amazonas, nas proximidades do município de Urucurituba (a 208 km).

Os 70 passageiros voltavam do Festival Folclórico de Parintins. A jornalista Maria Derzi relatou que a embarcação não possuía serviços de água e alimentação. “O barco não tinha nem água para oferecer às pessoas”, relatou.

A Marinha do Brasil descartou a informação de naufrágio e a possibilidade de pessoas feridas não foi confirmada. Uma equipe da Força Armada, com sede no município de Itacoatiara (a 176 km da capital) seguiu em deslocamento para averiguar a situação dos passageiros e da embarcação.

A jornalista ainda relatou que o dono do barco “Rei dos Reis” não queria entrar em contato com as autoridades. “O problema é que o dono da embarcação não queria avisar a capitania que o barco estava com defeito. Não pediu ajuda para os barcos que passavam ao lado, nem pediu para eles avisarem a capitania. Nos que ficamos revoltados e pedimos socorro de outros barcos. O dono da embarcação continuou dizendo que não havia necessidade disso”, disse Maria Derzi.

Passageiros também tentaram entrar em contato com a agência de viagens onde compraram os bilhetes de retorno à capital, mas a empresa alega não ter responsabilidade sobre o caso. “Ligamos para a agência em Parintins e eles disseram que não se responsabilizam”, disse a jornalista.

Um comandante de outra embarcação, que não teve a identidade revelada, disse que não é a primeira vez que o barco “Rei dos Reis” sofre pane mecânica. “As pessoas sempre reclamam dessa embarcação e ela é bastante conhecida por dar problemas”, afirmou o comandante.

Por meio de nota, a Marinha do Brasil, informou que tomou conhecimento, na tarde hoje, de uma embarcação de transporte de passageiros à deriva e que uma equipe de Inspeção Naval da Agência Fluvial de Itacoatiara foi enviada ao local. Os passageiros foram transferidos para outra embarcação, que seguiu viagem para Manaus. Ainda de acordo com a assessoria de comunicação do Comando do 9° Distrito Naval, um inquérito administrativo será instaurado para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do ocorrido.

EM TEMPO

1 Comment

1 Comment

  1. adriana

    4 de julho de 2017 at 12:25

    ESSA TAL equipe de Inspeção Naval da Agência Fluvial, nunca chegou , a nossa sorte que um dos barcos que vinha de parintins parou para nos ajudar, pedimos ajuda de varias embarcação .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir