Mundo

Tempestades no Paquistão afetam 300 mil pessoas e deixam 81 mortos

As chuvas torrenciais, durante o mês de julho, no Paquistão já causaram 81 mortos e mais de 1,9 mil habitações ficaram danificadas, informou nesta quarta-feira (29) o porta-voz da Agência Nacional de Gestão Desastres (NDMA).

Segundo a informação prestada à AFP pelo representante da NDMA Ahmed Kamal, a previsão é que as condições climáticas piorem. Para os próximos dias são esperadas tempestades fortes.

Até hoje, cerca de 300 mil pessoas foram afetadas pelos temporais, resultando em mais de 172 mil evacuações. Existem ainda centenas de aldeias debaixo d’água.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir