Sem categoria

Temer diz que PMDB terá candidatura em Manaus

PLT_TEMER_Foto-Marcio-Melo-25

Ambas já foram citadas em outras oportunidades como possíveis candidatas nas eleições, tanto às municipais em 2016 quanto às gerais em 2018. foto: Marcio Melo.

O PMBD do Amazonas vai ter candidato próprio a prefeito de Manaus nas eleições de outubro. A afirmação é do presidente nacional do partido, o vice-presidente da República, Michel Temer, dada ontem na capital durante o evento “Caravana da Unidade”, que ele está realizando em todo o país. Temer disse ainda que não só em Manaus, mas a proposta da legenda é lançar candidaturas majoritárias em todo o interior do Estado. O vice-presidente também afirmou ser a favor da pavimentação da BR-319, rodovia que liga Manaus a Porto Velho, e acrescentou ainda que o PMDB vai disputar a sucessão presidencial, em 2018.

A “Caravana da Unidade” é a aposta do vice-presidente para unificar o partido em torno de sua candidatura à reeleição à frente da legenda, cujas eleições acontecem no próximo mês. O evento em Manaus acabou servindo também como um indicativo da legenda em torno de uma possível pré-candidatura do deputado federal Marcos Rotta a prefeito da cidade.

O parlamentar acabou “roubando a cena” na reunião do partido. Durante os discursos de saudação dos convidados, ele teve seu nome ovacionado pela plateia, que dirigia a ele palavras de incentivo para concorrer às eleições para prefeito em outubro deste ano.

Além da aclamação a Rotta, chamou atenção a presença de outras figuras políticas que não são membros do partido, como a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) e a atual superintendente da Zona Franca de Manaus, Rebecca Garcia, ex-deputada federal e filiada ao PP. Ambas já foram citadas em outras oportunidades como possíveis candidatas nas eleições, tanto às municipais em 2016 quanto às gerais em 2018.

Apesar das especulações sobre candidaturas e possíveis alianças, nenhum dos citados quis confirmar nenhum acordo. A reunião teve ainda as presenças dos deputados estaduais do PMDB, Vicente Lopes e Wanderlei Dallas; do vereador Marcel Alexandre; da senadora Sandra Braga; do ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga; além do ex-coordenador da Unidade Gestora do Projeto Copa do Mundo de 2014 em Manaus (UGP Copa), Miguel Capobiango, e de outras lideranças nacionais e estadual do partido.

Braga permaneceu em silêncio e não falou com os jornalistas. Antes do encontro político com as lideranças locais, o presidente da República em exercício falou rapidamente com a imprensa local.

Estratégia

Temer garantiu que o movimento é parte de uma estratégia de unificação nacional em torno de uma proposta de governo. Ele disse ainda que a legenda terá candidatura própria para as próximas eleições municipais este ano e gerais em 2018. Em outros assuntos, como a questão do pré-sal e do impeachment, Temer foi evasivo. A respeito da destituição da presidente Dilma, Temer não polemizou. “Impeachment é uma questão do Congresso, não do partido”, finalizou.

 

Por Fred Santana

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir