Política

Temer cancela viagem a Portugal para reuniões com peemedebistas

O seminário tem entre seus promotores o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP).– foto: Valter Campanato/ABr

O seminário tem entre seus promotores o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) – foto: Valter Campanato/ABr

O presidente do PMDB e vice-presidente da República, Michel Temer, cancelou a viagem que faria a Lisboa (Portugal), na segunda-feira (28), para participar da abertura solene do Seminário Luso-Brasileiro de Direito Constitucional, na terça-feira (29). Temer também deveria fazer uma palestra no dia da abertura do evento, que prossegue até quarta-feira (30). O seminário tem entre seus promotores o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP).

Segundo a assessoria do PMDB, o vice-presidente cancelou a participação no seminário a pedido de parlamentares do seu partido para participar na segunda-feira e na terça-feira de várias reuniões com integrantes do diretório nacional da legenda. Na terça-feira, os integrantes do diretório nacional reúnem-se para decidir se o partido deve ou não sair da base de apoio do governo da presidenta Dilma Rousseff.

Foram confirmados como participantes e palestrantes no seminário o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG); o senador José Serra (PSDB-SP), o presidente da Fiesp, Pulo Skaf, e o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que é um fundador do IDP. Pela programação também deverão participar do evento o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Dias Toffoli; o ex-advogado-geral da União (AGU) Luiz Inácio Adams e o senador Jorge Vianna (PT-AC) .

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir