Economia

TCE chama 285 aprovados em seleção de estagiários

No primeiro dia de integração, os novos estagiários conheceram a estrutura do TCE com apresentação dos vários setores – Ana Cláudia Jatahy/TCE

Os 285 estudantes aprovados no Processo Seletivo de Estagiário (PSE) no final do ano passado, entre eles os que estavam no cadastro reserva, iniciaram, na manhã de hoje (26), o processo de integração junto ao Tribunal de Contas do Estado do Amazonas. O treinamento, que vai o dia 3 de fevereiro, acontecerá de 9h às 12h.

Todos os estudantes, que já entregaram as documentações no Departamento de Gestão de Pessoas (Degesp), setor responsável pela execução do Programa de Desenvolvimento de Estagiários (PDE), começam as atividades no TCE no próximo dia 6 de fevereiro.

Inicialmente, somente os 21 primeiros colocados — nove de direito, cinco de administração, seis de contabilidade e um de arquivologia— seriam convocados após o período de integração para iniciar as atividades e o restante, do cadastro reserva (direito, administração, engenharia, contabilidade e comunicação social), seriam chamados ao longo de 2017, mas, ao falar aos estudantes, o conselheiro-presidente do TCE, Ari Moutinho Júnior, anunciou que todos seriam contratados. “Fizemos um levantamento e vimos a necessidade. Temos vários estagiários que estão nos deixando”, afirmou.

De acordo com o presidente do TCE, os estagiários são muito mais que estudantes para a Corte de Contas: “são colegas de trabalho, que emprestam conhecimento, talento e ainda ajudam o TCE. São importantíssimos”.

Ao dar as boas-vindas aos alunos, o conselheiro-presidente anunciou, ainda, a criação de um canal direto entre os estagiários e a presidência, que ajudará a melhorar a relação e o próprio período de estágio. “Pensei o que nós poderíamos fazer para melhorar a relação com nossos estagiários. Por meio deste canal, os senhores poderão tirar dúvidas, falar das necessidades e, também, fazer questionamentos. Tudo para incentivar os senhores a crescer profissionalmente”, disse ao relembrar que vários ex-estagiários hoje são funcionários da Corte e outro deram um salto profissional na vida, como o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Mauro Campbell, que prestou estágio no TCE.

No primeiro dia de integração, os novos estagiários conheceram a estrutura do TCE com apresentação dos vários setores. O procurador-geral do Ministério Público de Contas junto ao TCE, Carlos Alberto Almeida, explicou toda a estrutura do MPC com os seus dez procuradores e suas respectivas atribuições. O conselheiro Júlio Pinheiro falou da Corregedoria e do trabalho do TCE junto as auditorias ambientais.

Nos próximos dias, os estagiários passarão por um curso de capacitação promovido pela Escolas de Contas Públicas. “Todos os estagiários passam por essa maratona, que representa a integração na Instituição. Depois dessa fase, eles farão Integração no Setor de Lotação e já iniciam o trabalho no dia 6 de fevereiro”, afirmou a chefe do Degesp, Merisa Mendes.

A integração, segundo rege o Programa de Desenvolvimento de Estagiários, tem o objetivo de proporcionar ao estagiário fácil e rápida adaptação na instituição por meio da política definida na sua missão, visão e nos seus valores.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir