Dia a dia

Taxistas pressionam vereadores a votarem contra regulamentação do Uber

Os taxistas e mototaxistas pressionam os vereadores para votarem contra a regulamentação do Uber – Fotos: Márcio Melo

Mais de 350 taxistas e mototaxistas participam, na tarde desta quarta-feira (19) uma audiência pública no Plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM), para discutir a regulamentação do aplicativo de transporte individual de passageiros, Uber, que começou a atuar em Manaus na semana passada. O profissionais de transporte pressionam os vereadores para votarem contra a Lei que regulamenta a nova categoria.

Nenhum representante do Uber está presente na audiência

Um dos defensores do Uber em Manaus, o vereador Professor Fransuá Matos (PV) criticou as operações realizadas, nos últimos dias, pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU).

“Estamos vivendo numa época de transformação, por causa da tecnologia. Então, temos que viver essa  tecnologia. O papel do município é regulamentar o serviço. Temos que fazer o dever de casa e regulamentar o aplicativo para atuar de forma correta”, falou o vereador.
Quem também saiu em defesa do novo serviço foi o vereador Marcelo Serafim (PSB). “O cidadão tem o direito de decidir se ele quer andar de ônibus, de taxi, de mototaxista ou de Uber. O cidadão é quem decide”, falou.

Nenhum representante do Uber está presente na audiência, apenas representantes de movimentos que são a favor do aplicativo foram até a CMM. Os vereadores, que subiram na tribuna e se mostraram a favor do aplicativo, foram vaiados pelos taxistas presentes no Plenário.

“Só queremos ter o direito de escolher. Não é crime a gente querer andar em um serviço bom e barato. Hoje sou minoria nesse Plenário, mas sou a maioria na cidade. Tenho certeza que a maioria dos cidadãos são a favor desse aplicativo”, falou um dos representantes do movimento “Queremos Uber em Manaus”.

Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir