Dia a dia

Taxista é preso em flagrante por estupro de adolescente de 15 anos em Manacapuru

O taxista ficará preso na DEP de Manacapuru – Arquivo/AET

O taxista Francisco Marques da Silva, 58, foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (7), pelos crimes de estupro e cárcere privado de uma adolescente de 15 anos. O fato ocorreu na residência do infrator, localizada na periferia do município de Manacapuru (distante 69 km de Manaus).

De acordo com a delegada, Roberta Merly, o taxista fez sexo a força com a menina – Divulgação/PC-AM

De acordo com a delegada Roberta Merly Farias, titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru, durante a madrugada desta quarta, a adolescente chamou um táxi pelo telefone celular para leva-la até a residência dela. “No depoimento, a jovem contou que o infrator atendeu a chamada e ele foi até o local onde ela estava. De lá, quando a vítima entrou no carro, o taxista a levou direto para a casa dele e fez sexo a força com a menina, utilizando preservativo”, informou Roberta Merly.

A delegada da DEP de Manacapuru informou, também, que depois do crime de estupro, o infrator saiu da residência e manteve a adolescente trancada no apartamento dele. “Foi quando ela acionou o serviço 190 da Polícia Militar. Os policiais militares foram até o local e houve a necessidade de arrombar a porta da residência. No apartamento também foram encontrados a embalagem e o preservativo usado no crime”, disse.

Roberta Merly informou, ainda, que, depois de resgatar a vítima, os policiais militares conseguiram interceptar o taxista trabalhando normalmente nas ruas da cidade. Ele foi conduzido até à delegacia, onde recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante pelos crimes de estupro e cárcere privado de adolescente. Após procedimentos policiais cabíveis, Francisco Marques ficará preso na carceragem da DEP de Manacapuru à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir