Dia a dia

Taxista é encontrado morto com tiro no olho no Conjunto Flamanal

Corpo de homem foi encontrado em área de mata -Foto: Arthur Castro

Um  taxista identificado como José Lamedo Neto, de 65 anos, foi arrastado pela rua e executado com um tiro no olho de esquerdo, na madrugada desta segunda-feira (10), em uma área de mata, na avenida Desembargador João Machado, Conjunto Flamanal, bairro Planalto, Zona Centro-Oeste. A vítima foi encontrada morta na manhã de hoje, por um homem de 57 anos que avistou o corpo.

Por ter sido arrastado, José Lamedo estava nu, da cintura para baixo, e apresentava algumas marcas de agressão física. Para os familiares do taxista, existem duas possibilidades para a motivação do crime: latrocínio  (roubo precedido de morte) ou crime encomendado.

A carteira com documentos e dinheiro de José Lamedo não foram encontrados com ele. O carro da vítima, modelo Prisma, foi encontrado pelo familiares, por volta das 8h de hoje, no conjunto Petros, bairro Coroado.

Leia maisTaxista é morto a tiros no Monte das Oliveiras

O filho da vítima chegou ao local, algumas horas depois da Polícia, e reconheceu o taxista. Abalado, ele não quis comentar sobre a motivação do crime com a imprensa.

O corpo do taxista foi recolhido pelo IML

À Polícia Civil, o filho de José, o taxista Janderson Pequeno Lameda, relatou que a última vez que falou com o pai foi por volta das 22h de domingo, quando a vítima disse que iria voltar para casa antes da meia noite.

“Quando ele não voltou, eu pensei que ele estaria na casa da namorada dele, mas hoje pela manhã eu liguei cedo e ele não atendia e foi quando eu me preocupei. Eu já tinha falado para ele não trabalhar ate tarde por conta da insegurança e dos roubos que acontece”, contou.

O caso foi registrado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros, que investiga o crime.

Leia também:

Mais uma vítima do ‘justiceiro’ ou execução? Mototaxista é morto a tiros no Adrianópolis

Mototaxista é morto a tiros em Manacapuru

No Tancredo Neves, taxista foi morto a facadas durante a madrugada deste domingo

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir