País

Taxa de inscrição do Enem 2015 sobe para R$ 63

Estudantes que desejam fazer o Enem 2015 poderão se inscrever no exame a partir de segunda-feira, 25 de maio. A prova, principal pré-requisito para ingresso nas instituições públicas do país, será realizada nos dias 24 e 25 de outubro.

Neste ano, haverá aumento da taxa de inscrição e um novo mecanismo para coibir o número de faltosos, de acordo com as regras divulgada nesta quinta-feira (14) pelo Ministério da Educação.

Como a Folha de S.Paulo antecipou nesta quarta (13), o reajuste do pagamento estava em estudo pelo governo e foi tema de encontro entre a presidente Dilma Rousseff e o titular do MEC, Renato Janine, na semana passada. A inscrição no Enem 2015 será em site específico do exame e poderá ser feita até 5 de junho. O pagamento pode ser feito até 10 de junho.

Desde 2004, o valor cobrado é de R$35. Agora, será de R$ 63, próximo ao valor do reajuste do período, se considerada a inflação oficial desde aquele ano (R$ 62,47). No ano passado, do total de 8,7 milhões de inscritos, 26,48% foram pagantes. “ainda é uma taxa barata e ainda há um grande conjunto de isenções”, ponderou o ministro, em coletiva de imprensa.

Ficam isentos da taxa os estudantes que estão no 3º ano do ensino médio da rede pública ou que comprovarem ter renda familiar de até 1,5 salário mínimo (R$ 1.182).

Faltosos

Ao mesmo tempo, o MEC decidiu endurecer as regras para os candidatos que faltarem uma edição do exame e se inscreverem para uma nova prova do Enem. A regra terá impacto para aqueles que se ausentarem na edição deste ano.

O estudante que se ausentar da prova nos dois dias, por algum motivo, terá que desembolsar a taxa de inscrição se desejar fazer um novo Enem, ainda que esteja na categoria de isento. No ano passado, do total de 8,72 milhões de inscritos, 6,19 milhões compareceram (esse grupo obteve nota em pelo menos uma área) taxa de quase 29% de ausência.

O edital do Enem 2015 com todas as regras do exame será divulgado na próxima segunda-feira (18) no “Diário Oficial da União”.

Por Folha Press

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir