Dia a dia

Suspeitos de homicídio são agredidos por parentes de vítima em delegacia

Os parentes do mototaxista assassinado estiveram na delegacia durante a apresentação e chegaram a agredir os suspeitos – Fotos: Janailton Falcão

O ex-presidiário Cláudio Henrique de Souza Lima, 23, e o mecânico Alberli da Silva Baraúna, 26, foram presos na manhã da última quarta-feira (18), na rua Couto Vale, bairro Petrópolis, Zona Sul.

De acordo com a Polícia, os suspeitos mataram a facadas e decapitaram o mototaxista Eduardo Douglas Bezerra Damascena, 21, em outubro do ano passado.

Durante a apresentação dos presos à imprensa, na manhã desta quinta-feira (19), os familiares da vítima tentaram linchar a dupla que chegou a ser agredida com pauladas.

De acordo com a polícia, os suspeitos também vendiam drogas – Ana Sena

 

Conforme o delegado Ivo Martins, titular da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), os suspeitos mataram Eduardo para roubar e vender a moto da vítima.

Eles usariam o dinheiro que ganhariam com a motocicleta para comprar entorpecentes e vender na Zona Sul de Manaus, área em que os suspeitos costumavam traficar, de acordo com a polícia.

A dupla foi autuada por homicídio qualificado por motivo fútil e ocultação de cadáver.

 

 

Ana Sena
EM TEMPO

1 Comment

1 Comment

  1. GXS

    19 de janeiro de 2017 at 12:02

    Desgraçados apodreçam lixos, tiraram a vida não só do Eduardo mas destruíram uma família, era filho único e amado por todos. Um jovem de caráter e não merecia uma morte cruel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir