Dia a dia

Suspeito de ter assassinado dois homens em 2015 é preso pela DEHS

o suspeito foi conduzido à DEHS para prestar esclarecimentos sobre os casos, e, durante oitiva, confessou a autoria dos homicídios de Gutemberg e Idonilson - foto: divulgação

o suspeito foi conduzido à DEHS para prestar esclarecimentos sobre os casos, e, durante oitiva, confessou a autoria dos homicídios de Gutemberg e Idonilson – foto: divulgação

Erick de Souza Lima, 21, o ‘Zé Pequeno’, foi apresentado na manhã desta segunda-feira (4), na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), suspeito de ser autor dos homicídios de Gutemberg dos Anjos Santiago, 19, o ‘Cabeça’, e Idonilson Bezerra Almeida, 23, o ‘Vinte e Dois’. Os crimes ocorreram nos dias 6 e 8 de abril de 2015.

De acordo com a delegada Déborah Souza, Erick foi preso pelos policiais civis do 27° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na manhã da última terça-feira (28), por volta das 11h, na casa onde ele morava, localizada na Rua Eneida de Moraes, Conjunto Amazonino Mendes, bairro Novo Aleixo, zona Norte de Manaus. Ele foi localizado após o recebimento de delações feitas ao número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), informando que o infrator e familiares dele estariam comercializando drogas naquela área da cidade.

“Fomos até o endereço indicado para averiguarmos a denúncia e apreendemos, em posse de Erick; da mãe dele, Vera Lúcia Ferreira de Souza, 38; e da prima dele, Ingret de Souza Nascimento, 28, cerca de 70 trouxinhas de cocaína, material para preparo da droga e uma motocicleta. O trio foi conduzido à unidade policial, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Durante a realização dos procedimentos legais constatamos que Erick estava sendo investigado pela equipe da DEHS por ter participação em cerca de cinco homicídios”, explicou a delegada titular do 27° DIP.

Segundo o delegado, Ivo Martins, o suspeito foi conduzido à DEHS para prestar esclarecimentos sobre os casos, e, durante oitiva, confessou a autoria dos homicídios de Gutemberg e Idonilson. Erick alegou ainda ter sido vítima de tentativa de homicídio cometida por ‘Cabeça’ e ‘Vinte e Dois’, por conta de rivalidades relacionadas ao tráfico de drogas na região. Erick argumentou que estava em um campo de futebol localizado na Avenida Camapuã, bairro Cidade Nova, zona Norte da cidade, quando a dupla teria efetuado disparos de arma de fogo na direção dele. Após esse episódio ele teria planejado a execução dos rivais.

“Naquele mesmo dia ‘Zé Pequeno’ teria conseguido uma arma de fogo com Rodrigo Azevedo Gaia, 22, e uma motocicleta roubada com Arlison de Souza Marinho, 26. O infrator, acompanhado de Arlison, efetuou cinco disparos em Gutemberg. O crime ocorreu no dia 6 de abril de 2015, por volta das 22h, na Rua Rio Jordão, Comunidade Nossa Senhora de Fátima, bairro Novo Aleixo. Dois dias depois, naquele mesmo bairro, mais precisamente em um ponto de mototáxi, ele alvejou Idonilson”, esclareceu Martins.

O titular da DEHS representou os mandados de prisão preventiva em nome dos infratores. Os documentos foram expedidos na última quinta-feira (30), pela juíza do Plantão Criminal, Rosália Guimarães Sarmento. Rodrigo já cumpre pena por homicídio e porte ilegal de arma de fogo no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat). Arlison continua foragido.

Erick foi indiciado por homicídio qualificado e autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEHS ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir