Dia a dia

Suspeito de matar pai e vizinho, PM se apresentou à polícia

Na delegacia, William assumiu ter matado o pai e um vizinho  -foto divulgação

Na delegacia, William assumiu ter matado o pai e um vizinho -foto divulgação

Suspeito de matar o pai Antenor Tavares Mendes, 61, e o vizinho Sérgio Ferreira da Silva, 52, na última quarta-feira (5), à noite, o soldado da Polícia Militar William da Silva Mendes, 30, se apresentou à polícia e prestou depoimento no sábado à tarde, no 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Alvorada, Zona Oeste, na presença do advogado e do comandante da 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), onde é lotado.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi liberado após prestar depoimento uma vez que o período de flagrante expirou e também não há mandado de prisão contra ele – apesar de um dia após os crimes, o Comando Geral da PM ter solicitado à Justiça, a prisão do soldado.

Na delegacia, William entregou a pistola calibre 40 milímetros e confessou que matou o pai após receber uma ligação da mãe afirmando que Antenor estava a ameaçando de morte com uma faca – os dois são separados. Ele disse ainda que foi para casa separar a briga e conter o pai, mas ao chegar, não encontrou a mãe, e foi à casa de Antenor.

Ainda em depoimento, o soldado relatou que ao se aproximar do pai, os dois começaram a brigar, e William se enfureceu após Antenor afirmar que sua mãe estava tendo um caso com outro homem. Nesse momento, ele sacou a arma e ameaçou o pai, caso a vítima voltasse a ameaçar a sua mãe. Logo em seguida, o soldado atirou em Antenor que mesmo ferido ainda tentou tirar a arma do filho, que atirou mais uma vez. Na fuga, o vizinho abordou o PM, mas a arma falhou, foi então que ele atirou duas vezes nas costas e na cabeça de Sérgio.

Por Ana Sena

1 Comment

1 Comment

  1. Paulo Costa

    10 de agosto de 2015 at 11:22

    queria ver se ele tivesse atirado no comandantel da pm se ele já não estaria preso ou morto, como foi no pai dele, isso só no Brasil, depois ele vai dizer que é doido, e vai continuar por ai armado colocando a vida dos outros em perigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir