Sem categoria

Suspeito de mandar matar homem nega envolvimento e diz que era ‘amigo’ da vítima

O homem foi preso suspeito de ser mandante de um homicídio de Eduardo Ferreira Bandeira, 41, vulgo 'Ceará', ocorrido no dia 30 de abril de 2014 - foto: divulgação

O homem foi preso suspeito de ser mandante do homicídio de Eduardo Ferreira Bandeira, 41, vulgo ‘Ceará’, ocorrido no dia 30 de abril de 2014 – foto: divulgação

Omar Melo Filho, 42, conhecido como ‘Omarzinho’,  foi apresentado pela policia  na manhã desta quarta-feira (13). O homem foi preso suspeito de ser mandante do homicídio de Eduardo Ferreira Bandeira, 41, vulgo ‘Ceará’, ocorrido no dia 30 de abril de 2014.  Em entrevista, ele declarou não ser o mandante do crime e que seria ‘amigo’ da vítima.

Segundo informações do titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, delegado Ivo Martins, o homem foi preso por policiais civis de Roraima, no último dia 5 de maio, no bairro São Francisco, localizado na Zona Norte de Boa Vista. Na ocasião da prisão, ele estava em veículo modelo Mercedes Benz.

Conforme informações, ‘Omarzinho’, estava sendo investigado há um mês pelo homicídio de ‘Ceará’. O crime ocorreu no km 42, ramal São Francisco, rodovia AM- 010,  Zona Rural de Manaus.

O titular da delegacia disse ainda que o suspeito é um traficante conhecido pela polícia. A motivação do crime seria uma dívida que a vítima tinha com Omar, por conta da compra de um veículo roubado.

Ainda de acordo com o delegado, após comprar o carro, Eduardo não teria feito o pagamento do veículo o que teria deixando Omar irritado.

“No dia do crime, os executores, estavam junto com Eduardo,  os mesmos saíram para fazer um assalto em um sítio localizado na Am-10, porém não tiveram sucesso,  na volta teriam parado veículo e efetuaram três tiros na vítima”, relatou Martins.

A polícia informou que Omar, já foi preso por tráfico de drogas e por roubo a residência.

Omar foi autuado por homicídio e após os procedimentos cabíveis será encaminhado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus,  onde ficará a disposição da Justiça.

Por Mara Magalhães (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir