Dia a dia

Susam vai ampliar o número de postos de coleta de leite humano

Além do leite, o serviço também necessita de doações de frascos para serem utilizados como depósito – foto: divulgação

Além do leite, o serviço também necessita de doações de frascos para serem utilizados como depósito – foto: divulgação

A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) vai ampliar de 17 para 22 o número de postos de coleta de leite humano, até o final do ano. Atualmente, três Bancos de Leite (BLH) funcionam na rede estadual de Saúde: BLH do Amazonas, vinculado à Maternidade Ana Braga; Fezinha Anzoategui, vinculado ao Instituto da Mulher Dona Lindu; e Galileia, vinculado à Maternidade Azilda Marreiro.

Juntos, os bancos possuem 17 postos de coleta associados, sendo 15 em Manaus, um no município de Borba, a 149,67 quilômetros de Manaus, em linha reta, e outro em Manicoré, a 460,8 quilômetros da capital, via BR-319 (Manaus-Porto Velho).

De acordo com a coordenadora estadual de Saúde da Criança, Katherine Benevides, mais cinco novos postos serão abertos – um em Presidente Figueiredo, a 170 quilômetros de Manaus, via BR-174 (Manaus–Boa Vista), e outro em Itacoatiara, a 270 quilômetros, via AM-010, que liga a capital ao município.

Katherine ressalta que, atualmente, os Bancos de Leite conseguem atender a demanda do Estado, mas ela alerta que as doações precisam ser contínuas. Por isso, diz ela, é importante aumentar a oferta do serviço. No ano passado, os três Bancos de Leite conseguiram, juntos, coletar e processar quase três mil litros de leite humano, beneficiando mais de 11,628 mil crianças.

Em Manaus, os postos de coleta em funcionamento estão localizados nas maternidades estaduais Ana Braga, Dona Nazira Daou, Chapot Prevost, Alvorada, Balbina Mestrinho, Azilda Marreiro e Instituto da Mulher Dona Lindu; na Maternidade Municipal Moura Tapajoz; nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) José Amazonas Palhano, Armando Mendes e São Francisco; na empresa P&G; e nos hospitais da rede privada, como Samel Assistência Médica, da Unimed e Adventista. Em Borba, o posto funciona no Hospital Vó Mundoca. Em Manicoré, no Hospital Maria do Socorro Abreu.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir