Esportes

Sul-africano Oscar Pistorius deixa prisão um dia antes do previsto

O medalhista olímpico Oscar Pistorius saiu da prisão nesta segunda-feira (19), um dia antes do que foi previsto na última quinta, quando o sul-africano teve sua liberdade condicional aprovada.

De acordo com o canal americano CNN, a informação foi divulgada pelo porta-voz do departamento de serviços correcionais da África do Sul, Manelisi Wolela.

A liberdade condicional foi concedida cerca de um ano após ser o ex-atleta ter sido sentenciado a cinco anos de prisão por matar a namorada, Reeva Steenkamp. Ele cumprirá o restante da pena sob custódia supervisionada.

Pistorius foi condenado em setembro de 2014 por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) após atirar quatro vezes através de uma porta trancada em 14 de fevereiro de 2013, matando Reeva, modelo e formada em direito.

Durante o julgamento, a defesa alegou que o sul-africano pensou se tratar de um assaltante que teria invadido a casa dele, por isso atirou.

Em agosto, Pistorius havia garantido o direito à condicional, mas posteriormente teve a sua saída da cadeia cancelada.
No início do mês, a audiência que definiria sobre o pedido de liberdade foi adiada.

A disputa judiciária, no entanto, ainda não terminou. A promotoria sul-africana apelou da sentença de homicídio culposo e o recurso deverá ser julgado em 3 de novembro.

O atleta conquistou uma medalha de ouro dos Jogos de Atenas (2004) e três em Pequim (2008). Em Londres, na Olimpíada de 2012, foi o primeiro paraolímpico da história a disputar prova em condições de igualdade com atletas sem deficiência.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir