Mundo

Suíça identifica ossos de alpinistas desaparecidos há 45 anos

A polícia suíça identificou ossos encontrados na montanha Matterhorn em setembro de 2014 como sendo de dois alpinistas japoneses que estavam desaparecidos há 45 anos.

Masayuki Kobayashi, então com 21 anos, e Michio Oikawa, 22, eram da região de Tóquio. Os dois foram declarados desaparecidos em 18 de agosto de 1970. Acredita-se que eles tenham sido vítimas de uma nevasca enquanto escalavam a montanha por sua face norte.

A polícia mantém uma lista com o nome de pessoas desaparecidas na região desde 1925. A identificação teve a ajuda do Consulado do Japão em Genebra, que entrou em contato com parentes das vítimas para recolher amostras de DNA.

Outros casos

Em outubro de 2014, a polícia de Bern (Suíça) encontrou o corpo de um homem que estava desaparecido desde 1974 na mesma região.

Em março deste ano, também foram encontrados dois corpos mumificados no Pico de Orizaba (México). Suspeita-se que eles sejam de dois homens arrastados por uma avalanche em 2 de novembro de 1959.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir