Economia

Suframa perde controle do CBA para o Inmetro

Passados 13 anos de sua fundação, e ainda sem identidade jurídica, Centro de Biotecnologia da Amazônia fica agora sob responsabilidade do Inmetro – foto: Alberto César Araújo

Passados 13 anos de sua fundação, e ainda sem identidade jurídica, Centro de Biotecnologia da Amazônia teve sua gestão transferida para o Inmetro, por determinação do Mdic – foto: Alberto César Araújo

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) decidiu transferir o controle administrativo do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) para o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

A determinação foi formalizada nesta terça-feira (16), em termo de execução descentralizada assinado pelo titular da pasta, Armando Monteiro.

De acordo com o documento, serão mantidas as atividades prioritárias para o funcionamento do CBA que, passados 13 anos de sua fundação, ainda não tem identidade jurídica.

Com a mudança na gestão, o órgão passará a ter a função primordial de ser o elo entre as instituições de pesquisa e o setor produtivo, auxiliando no desenvolvimento de produtos inovadores e na atração de investimentos para a região amazônica.

No longo prazo, a intenção do Mdic é transformar o CBA em uma instituição de relevância internacional em um esforço conjunto com outros órgãos públicos.

O CBA tem a missão de colaborar com a transformação da biodiversidade da região amazônica em desenvolvimento econômico e social, apoiando a geração de inovação em empresas por meio da biotecnologia.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir