Sem categoria

‘Star Wars’ movimenta vendas de Natal em lojas de Manaus, especialmente nas de brinquedos

Algumas lojas da cidade conseguiram comercializar 75% de seu estoque de produtos inspirados nos personagens da saga do cinema – foto: Ione Moreno

Algumas lojas da cidade conseguiram comercializar 75% de seu estoque de produtos inspirados nos personagens da saga do cinema – foto: Ione Moreno

A saga ‘Star Wars’ tem aquecido o comércio e ampliado os lucros de quem investiu na venda dos itens do filme, que é sucesso na capital amazonense. Algumas lojas, principalmente de brinquedos, já venderam 75% de todo o estoque de produtos da franquia.

De acordo com os lojistas, a procura pelos produtos associados aos personagens do filme tem sido alta por parte de adultos que não possuem filhos. Segundo eles, esses fãs querem usar os acessórios, em especial a máscara do Darth Vader e seu sabre de luz.

De acordo com a vendedora Thalissa Ribeiro, 20, da Brinkelandia, a loja vendeu 75% do estoque de produtos em menos de uma semana. “Foi além do que esperávamos. Nesse período vimos adultos passarem por aqui, além das pessoas que vão se caracterizar para ver o filme só por ser fã e também os que fazem cosplay (imitação) dos personagens da série”, disse a vendedora, ao destacar que a loja havia se contido na hora de fazer os pedidos, pois achava que com o momento econômico do país as pessoas não desembolsariam para comprar os itens do filme.

O vendedor Gilson Junior, 22, da loja Hobby, afirmou que, além de se fazer presente, o público adulto tem levado os filhos para consumir os produtos da saga.

De acordo com os lojistas, os produtos campeões em venda são as máscaras do Darth Vader, antagonista da franquia, seguido do sabre de luz, e por fim as miniaturas e acessórios de colecionador.

“No dia em que colocamos os produtos na vitrine a procura foi muito boa, desde então todos os dias alguém aparece para comprar uma máscara, um sabre. Já tiveram pessoas que vão fazer cosplay que pediram cinco sabres de luz”, comentou o vendedor.

Os fãs da saga estão de olhos fechados para a crise e não se importam em pagar por um produto que eles gostam. O editor de conteúdo EAD, Wilson Lopes, 28, desembolsou R$ 150 em um sabre de luz. “Só não compro produtos todos os dias porque minha esposa não permite gastar”, disse.

Aldizângela Brito, 37, contou que desde os 12 anos de idade é fã da franquia e já coleciona souvenires do “Guerra nas Estrelas”.

Ela afirmou que está se preparando há alguns meses para o novo filme. “Já tem meses que guardo dinheiro. Vou ao cinema e comprarei mais itens para minha coleção”, disse Aldizângela, ao destacar que se os produtos estiverem acessíveis, ela não vai hesitar em comprar.

O auxiliar de almoxarife Wesley Malone, 22, afirmou que vai comprar no cartão de crédito os produtos da saga, de que é fã desde os 9 anos de idade. “Estou esperando para ver o filme, e preparei o meu orçamento não ficar só no cinema, pois os fãs vão e compram sem medo”, disse.

Mundo nerd
O apresentador do programa 2Nerd, da rádio EM TEMPO, explicou que há um crescimento em torno do universo nerd, que antes era deixado de lado. “O nerd hoje virou pai, tem poder aquisitivo e se tornou importante financeiramente, pois é parte do mercado consumidor. Os nerds querem mais informações e consumir mais. Durante muito tempo, o nerd era parte da sociedade. Hoje, os maiores meios culturais dependem dos nerds, e não é pouco”, disse.

Por Asafe Augusto

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir