Dia a dia

SSP-AM divulga balanço da operação Brasil Integrado com a prisão de 17 pessoas no AM

). A ação aconteceu em todos os Estados da região Norte e Sudeste - foto: divulgação

A ação aconteceu em todos os Estados da região Norte e Sudeste – foto: Felipe Rodrigues/SSP-AM

Entre os dias 5 e 8 deste mês, foi deflagrada a operação ‘Brasil Integrado’, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).  A ação foi realizada nos rios, estradas e áreas urbanas das cidades que resultou na apreensão de 17 pessoas por envolvimento com o tráfico de drogas, contrabando e desvio de mercadorias, em nove municípios do Amazonas, segundo o balanço divulgado na última sexta-feira (7).

A estrutura montada durante o período da operação se encerrou no início da madrugada no último sábado (8). A ação aconteceu em todos os Estados da região Norte e Sudeste. Entretanto, os trabalhos nos Estados do Amazonas e Rio de Janeiro servirão como projeto para a segurança dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

De acordo com o secretário da SSP-AM, Sérgio Fontes, todas as ações estão sendo desenvolvidas para o combate aos crimes típicos das regiões de fronteira, divisa e rotas, usadas para o tráfico de drogas, assim como contrabando e desvio de mercadorias.

“Na estrutura do planejamento da operação, resolvemos dar ênfase para os municípios que possuem rotas de tráfico de drogas. Todas as pessoas presas em flagrante durante a operação foram enquadradas nos crimes por tráfico de drogas ou descaminho de mercadorias, que é o foco da operação”, ressaltou o secretário da SSP-AM.

Para o secretário-executivo-adjunto de Planejamento e Gestão Integrada, Dan Câmara, informou que o Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM) está coordenando a operação e tem repassado as informações de produtividade nos municípios para o Centro de Comando Nacional.

“Em cada estado o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) Estadual está se reportando ao CICC Nacional, que está agregando todos os dados e números para divulgar um balanço geral. Essa é uma ação estimulada pelo Governo Federal, adotada pelos estados participantes para uma atuação integrada dos órgãos”, enfatizou.

Além dos órgãos do Estado, a operação contou com a participação da Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Departamento da Força Nacional de Segurança Pública, Polícia Civil (PC), Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Subcomando de Defesa Civil, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), e órgãos vinculados à SSP-AM.

Operação

Os trabalhos realizados no período da operação ocorreram de forma simultânea em nove municípios do Amazonas e capital. A ação empregou 400 servidores de 21 órgãos das esferas Federal, Estadual e Municipal. Na ação foram montadas nove barreiras terrestres e três fluviais. Ao todo, 3.570 pessoas foram abordadas, sendo 284 embarcações, 1.243 carros, 989 motocicletas, 24 ônibus e 136 caminhões, que resultou na recuperação de veículos.

Ainda com o balanço foram apreendidos em torno de oito quilos de drogas [maconha e cocaína], sete armas de fogo, 19 munições, uma arma branca, 56 aparelhos eletrônicos e R$ 1.832 em dinheiro.

A operação aconteceu nos municípios: Boca do Acre, Lábrea, Presidente Figueiredo, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga, Humaitá, Tefé, Atalaia do Norte e Benjamin Constant.

Por Josemar Antunes e assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir