Saúde

Spas urbanos são saída para eliminar o estresse

Estabelecimentos oferecem técnicas de desaceleração e relaxamento que impactam positivamente no corpo e na mente – fotos: Divulgação

Quem não quer paz e relaxamento por 30 ou 60 minutos em um spa no meio da loucura da rotina? Parece ser pouco tempo, mas os resultados prometem ser renovadores. Essa é a proposta dos spas urbanos, que, diferentemente daqueles dos filmes e nas novelas, geralmente no interior, com ar puro e silêncio, ficam em meio a locais bem movimentados. Manaus já conta com esses locais para quem deseja fazer tratamento antiestresse.

O objetivo dos tratamentos oferecidos pelos estabelecimentos é desacelerar. De acordo com a terapeuta holística Carolina Basso Canté, quem não tem tempo de ir a um spa pode aproveitar o horário de intervalo para cuidar do corpo e da mente.

“A partir dos métodos empregados, conseguimos parar para escutar as necessidades do corpo e da mente, fazer uma reflexão do que precisa ser transformado, respirar. Começa uma transformação para que a vida tenha mais equilíbrio. Parece pouco tempo quando se fala em 30 minutos, mas é o bastante para fazer uma profilaxia mental”, explica Canté.

A terapeuta sugere três atividades para fortalecer a mente e o corpo: a respiração circular, yoga e meditação ativa.

Respiração circular

Segundo a terapeuta holística, a respiração circular é um trabalho terapêutico também conhecido como renascimento (Rebirthing de Leonard Orr), uma técnica respiratória profunda cujo objetivo é reestabelecer e incrementar a livre e equilibrada circulação da energia, proporcionando expansão da consciência e, consequentemente, uma vida mais plena, saudável e feliz.

“Essa técnica pode ser aplicada com a respiração abdominal ou peitoral, dependendo de cada caso. Ela vitaliza poderosamente os sistemas nervoso, cardiovascular, respiratório, endócrino e imunológico, desbloqueia o fluxo da energia, bem como das emoções reprimidas que provocam tensões e somatizam na forma de desequilíbrios e doenças”, explica.

Métodos ajudam a diminuir estresse e ansiedade – Divulgação

A terapeuta ressalta que há um relacionamento entre a forma que se respira e a experiencia dos sentimentos e das emoções. Com a técnica, é possível vivenciar um estado de liberação e integração do material inconsciente, acessando emoções e sentimentos que estavam bloqueados. Com a continuidade das sessões, são acessados os núcleos dos padrões limitadores, traumas e questões reprimidas, podendo, então, ser reintegrados, resignificados e integrados.

O renascimento é muito útil no combate ao estresse e à depressão, melhorando o sono, fortalecendo os sistemas imunológico, nervoso e cardíaco, além de aumentar a capacidade respiratória (é benéfica para quem sofre de asma, bronquite, rinite e sinusite). “O processo de renascimento consiste em encontros semanais, com duração de uma hora e meia a três horas”, afirma.

Yoga

A terapeuta explica que o praticante de yoga trabalha sua concentração e seu equilíbrio corporal, por meio da autopercepção mental e espiritual de forma integrada, fundamentais para a obtenção de níveis reduzidos de estresse e ansiedade.

A meditação ativa tem o propósito de limpar nosso corpo físico, emocional e mental,

Com origem da palavra em sânscrito “yuj”, que significa “unir ou integrar”, a yoga é um conjunto de conhecimentos de mais de 5 mil anos. “Yoga é harmonizar o corpo, a mente e a respiração, através de técnicas de respiração (pranayamas), posturas de yoga (ásanas) e meditação”, ressalta.

Meditação ativa

Conforme Canté, a meditação ativa tem o propósito de limpar nosso corpo físico, emocional e mental, levando a um estado de paz interior e liberdade. A técnica permite, a partir da respiração, equilibrar o corpo, trazendo mais energia, liberando o estresse acumulado e a falta de motivação.

Bruna Chagas

EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

grupo
Subir