Sem categoria

Socialite ganha liberdade com uso de tornozeleira eletrônica

A socialite será monitorada com tornozeleira eletrônica – reprodução

A socialite será monitorada com tornozeleira eletrônica – reprodução

A Socialite Marcelaine dos Santos Shumann,36, foi solta na tarde desta sexta-feira (10), após passar 12 dias presa no Centro de Detenção Provisória (CDP) Feminino. A liminar de soltura foi concedida pelo desembargador Jorge Lins. Segundo a Secretaria de Estado e Administração Penitenciária (Seap), a socialite vai ser monitorada por tornozeleira eletrônica. Marcelaine foi presa  no dia 27 de junho deste ano, após descumprir os limites impostos pelo monitoramento eletrônico, e ser vista frequentando lugares públicos como restaurantes e salão de beleza. A socialite é apontada como autora da tentativa de homicídios da estudante de direito Denise Almeida. A vítima chegou a afirmar à reportagem que chegou a ver Marcelaine rondando a sua residência e também a academia na qual Denise pratica exercícios físicos.

A advogada de defesa da socialite, Márcia Simone Coelho, informou que o monitoramento foi solicitado por ela, e que as acusações feitas por Denise não tem fundamento. “A Marcelaine não estava em prisão domiciliar, ela pode sim freqüentar locais públicos, e acabou sendo presa por meio de uma decisão errada do juiz que ouviu acusações falsas contra a minha cliente”, afirmou.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir