Sem categoria

Socialite ganha liberdade com uso de tornozeleira eletrônica

A socialite será monitorada com tornozeleira eletrônica – reprodução

A socialite será monitorada com tornozeleira eletrônica – reprodução

A Socialite Marcelaine dos Santos Shumann,36, foi solta na tarde desta sexta-feira (10), após passar 12 dias presa no Centro de Detenção Provisória (CDP) Feminino. A liminar de soltura foi concedida pelo desembargador Jorge Lins. Segundo a Secretaria de Estado e Administração Penitenciária (Seap), a socialite vai ser monitorada por tornozeleira eletrônica.

 Marcelaine foi presa  no dia 27 de junho deste ano, após descumprir os limites impostos pelo monitoramento eletrônico, e ser vista frequentando lugares públicos como restaurantes e salão de beleza. A socialite é apontada como autora da tentativa de homicídios da estudante de direito Denise Almeida. A vítima chegou a afirmar à reportagem que chegou a ver Marcelaine rondando a sua residência e também a academia na qual Denise pratica exercícios físicos.

A advogada de defesa da socialite, Márcia Simone Coelho, informou que o monitoramento foi solicitado por ela, e que as acusações feitas por Denise não tem fundamento. “A Marcelaine não estava em prisão domiciliar, ela pode sim freqüentar locais públicos, e acabou sendo presa por meio de uma decisão errada do juiz que ouviu acusações falsas contra a minha cliente”, afirmou.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir