Dia a dia

Soldado da Aeronáutica é atingido com bala perdida, na Zona Sul

Um  acerto de contas entre o soldado da Polícia Militar identificado apenas como da Silva, e uma pessoa identificada pelo apelido de “Bodó”, na quadra do condomínio Jardim Brasil, no bairro Raiz, Zona Sul, acabou por ferir o soldado da Aeronáutica Mateus Duarte, 20, vítima de uma bala perdida, no quadril.

Após o disparo o PM fugiu do local e não prestou socorro a Mateus, que foi levado para o hospital e pronto-socorro 28 de Agosto, em Adrianópolis, Zona Centro-Sul, onde foi atendido e em seguida, transferido para o hospital da Aeronáutica, onde se encontra internado e fora de perigo.

Conforme informações repassadas por familiares de Mateus, que preferiram  não se identificar, o soldado da PM foi até à quadra do condomínio para um acerto de contas – de acordo com os boatos que circulavam no residencial Jardim Brasil. No local, da Silva rendeu Bodó, que ao aproveitar um momento de distração do PM, bateu na mão dele e conseguiu fugir, enquanto a arma do policial caiu.

Na ocasião em que Bodó corria por entre populares, nas dependências do condomínio, o policial da Silva ajuntou a arma do chão e efetuou um disparo na direção das pessoas, na expectativa de acertar Bodó, mas acabou atingindo Mateus no quadril.

Registro

Ainda de acordo com os parentes, eles foram até o 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Petropólis, para registrar o Boletim de Ocorrência (BO), sobre o caso. Entretanto, na delegacia foram informados de que a ocorrência não poderia ser registrada.

Os familiares seguiram então para a Corregedoria da Secretaria de Segurança Pública,  onde foram informados de que a delegacia agiu de má-fé e deveria ter registrado o BO pelo fato do policial militar estar à paisana e não haver neste caso restrições para a abertura de um boletim.

O caso foi registrado pela Corregedoria, que neste sábado receberia a família da vítima, com filmagens e testemunhas da ocorrência.

Por Equipe EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir